Beleza, Videos

Video: Minha transição capilar #2 – O corte

18/02/2016

Eu sei que já faz um tempinho que cortei o cabelo, mas só agora editei os vlogs do dia que cortei e o depoimento que dei logo após o corte. Pra quem está em transição capilar, abandonando as químicas e em busca de um cabelo mais natural, meu conselho é que corte sem dó. O cabelo parece que “respira” melhor, fica muito mais maleável e responde bem aos tratamentos de hidratação, sem aquele aspecto poroso dos fios.

Além do mais, a parte danificada com química não deixa que os cachos se formem. Quando eu lavava o cabelo e amassava as pontas pra formar os cachos, ele durava até secar. Logo em seguida os cachos ficavam apenas na parte crescida das raízes e as pontas ficavam com aquele aspecto alisado.

Depois que cortei, o cabelo ficou mais leve e mais fácil de moldar, de segurar os cachos. Claro que ainda não saiu a química toda, mas eu não queria mais esperar para fazer o corte. Daqui a uns 6 meses, mais ou menos, pretendo fazer novamente o corte pra remover o restante da química que ainda está nos fios, que é de aproximadamente 10cm.

E você? Já passou por química e depois resolveu voltar aos cachos naturais? Como foi seu processo?

Assista o vídeo, dê um like e se inscreva no meu canal para receber as atualizações assim que ocorrem. 🙂

Se você não assistiu a primeira parte do vídeo, clique aqui e assista.

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr

comentários via facebook

4 comentários leave one →

  1. Já fiz duas transições capilares para trocar de química e olha, o trem é complicado. Quando cortamos o cabelo vira outra coisa.
    Aprendi a gostar de cortar de cabelo justamente por causa das transições rs
    Bjuxxxxx

    Responder
  2. Gabriela Gnoatto

    Eu não tenho cabelo cacheado mas passei por uma transição capilar em respeito das tinturas 🙃. Eu já fui loira, tive luzes que acabaram com meu cabelo, bem morena, ruiva, porque comecei a pintar aos 11 anos para seguir a moda e depois no último ano de faculdade decidi deixar meu cabelo na sua cor natural para formatura isso já com 23 anos. Foi complicado, cortei cabelo nos ombros, hidratei, cuidei e hoje ele está 100% natural ( castanho médio) e na metade das costas muito saudável. Por isso Camile vai em frente com seu cabelo e tenha paciência que no final vale a pena 🙂

    P.S adoro teu blog sou tua fã ( sou de Porto Alegre)

    Responder
  3. Camila Mendes

    Vc ficou linda, Camile! Parabéns pela coragem. Vc já pensou e aderir ao no ou low poo? Eu comecei a um tempo atrás, mas interrompi, agora quero voltar para o low poo. Acho que a técnica ajuda muito a tornar e manter os cabelos saudáveis. Abraço =)

    Responder
  4. Luiza

    Aprendemos muito com a transição capilar, o aprendizado leva a a uma mudança de dentro pra fora, aceitação, segurança, reconhecer a nossa beleza natural que vai muito além da aparência.

    Responder

Gostou do que escrevi? Deixe um comentário! :)