Meu Diário

Arrumando o quarto após uma viagem

27/01/2016

Arrumando o quarto após uma viagem | Camile Carvalho

Todas as vezes que passo um tempo longe de casa, quando retorno é uma sensação um tanto estranha. O que eu havia deixado do meu jeito, com a minha energia antes de partir, parece não combinar mais com a energia com a qual retornei. Não sei se é por ter ficado muito tempo parado, sem uso – o que faz com que a energia fique estagnada – ou se porque mudei muito durante o período fora. Na verdade, acho que é uma combinação dos dois, e por este motivo gosto sempre de fazer uma super arrumação com declutter.

Segundo o Feng-Shui, energia estagnada não é benéfico, e sabendo disso, gosto de arrumar o quarto mudando o que posso de lugar. Como meus móveis são planejados, não há muito o que fazer com guarda-roupas, cama e bancada, mas em relação à decoração, nada fica do jeito que deixei. Vou compartilhar com vocês as mudanças que fiz por aqui que fizeram uma boa diferença na energia do ambiente.

1 – Preparei o material que precisava. Pra não dar mais trabalho, já peguei tudo que ia precisar durante a arrumação: vassoura, pá de lixo, panos de limpeza, produtos de limpeza etc.

2 – Coloquei roupas para lavar. Tanto as roupas que voltaram da viagem como outras que ficaram por aqui fora das gavetas. Gosto de fazer declutter de roupas com todas lavadas e limpas, assim tenho uma noção melhor da quantidade de roupas que tenho e também, ao doar, as roupas já vão limpas para seu novo destino.

Já falei aqui no blog sobre minhas organizações das minhas roupas e sobre como criei meu armário-cápsula. Quem quiser ler mais sobre isso, no site do Westwing tem um post muito bacana ensinando como ter um guarda-roupa perfeito tanto para homens, como para mulheres.

Arrumando o quarto após uma viagem | Camile Carvalho | Livros de budismo e yoga

3 – Esvaziei prateleiras. Meu quarto tem muitas prateleiras e estantes ocupados com meus livros, então costumo tirar tudo e colocar no chão do meu quarto. Assim fica mais fácil de limpar as superfícies e mudar a decoração. Minha regra é: voltar apenas o que realmente quero em cada lugar.

4 – Reorganizei livros e enfeites. Depois de tudo limpo, separei meus livros de yoga, de budismo, de empreendedorismo e os coloquei num destaque maior, já que é o que ando lendo mais. Os outros vão para o armário fechado. Como sou apaixonada por livros, eles é quem comandam minha decoração. Os enfeites entram depois, quando os livros já estão em seus devidos lugares.

» Veja a lista dos livros que me inspiram

Arrumando o quarto após uma viagem | Camile Carvalho | Livros de budismo

5 – Troquei roupa de cama e limpei o quarto. Sempre que preciso dar uma renovada nas energias do quarto, troco a roupa de cama. Faz muita diferença no ambiente.

6 – Coloquei meus cristais para reenergizar. Tenho o costume de pelo menos uma vez por mês colocar todos os meus cristais num pote de vidro com água e óleo essencial de lavanda. Deixo na varanda para energizar na luz do sol ou até o dia seguinte.

Arrumando o quarto após uma viagem | Camile Carvalho | como limpar cristais

7 – Por fim, após varrer o chão, coloco óleo essencial no difusor ou acendo um incenso. Depois dessas etapas o ambiente fica bem mais leve e reenergizado.

» Leia mais sobre Aromaterapia e Óleos Essenciais

E vocês, como costumam voltar à rotina após uma longa viagem? Também sentem a energia estagnada? Como se organizam? Contem aqui nos comentários!

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr

6 comentários leave one →

  1. Camile, dia desses vi uma matéria dizendo que a fumaça de incenso é mais tóxica do que a de cigarro. Vc sabe se isso é verdade mesmo? Eu tenho uma caixa lotada de incensos, pois amo, mas depois dessa matéria fiquei um pouco receosa.

    Responder
    • Oi Hélida, tudo bem?

      Acender um incenso em casa, em ambiente fechado tem que ter mesmo um certo cuidado. É sempre bom acender em ambiente arejado, deixar portas e janelas abertas pra fumaça circular, pois inalar a fumaça não é muito bom, mas em relação ao cigarro, acho que depende da qualidade do incenso. Aqueles que compramos em caixinhas de 1 Real são feitos de carvão e são bem prejudiciais. Os melhores incensos são os indianos feitos de resina, e custam um pouco mais caro. Eles têm o pozinho mais solto e duram mais tempo queimando que os baratos, pois são de melhor qualidade e não fazem mal como o carvão. Mas na dúvida, é bom deixar sempre o ambiente bem aberto pra fumaça não ficar acumulada enquanto respiramos. Se tiver mais alguma dúvida é só perguntar! 🙂

      Responder
      • Olha, não sabia que existiam incensos de resina! Obrigada pela explicação. =) Bjs.

        Responder
  2. Sempre que volto de viagem sinto que o quarto está bagunçado, mesmo que tudo esteja no lugar, imagino que deve ser a sensação de energia estagnada, ainda mais quando a minha energia estava em super movimento. Quando eu arrumo gosto de tirar uma coisinha aqui e ali, mas há “momentos” em que eu sinto que é preciso, sabe? Não sei explicar, mas é mais natural. Acontece e eu faço. Falando de livros: você já leu Ásanas e Parábolas? É bem interessante com pequenos contos e fábulos sobre posturas de Yoga, e também com um viés da experiência da autora.

    Responder
  3. Eu me mudei recentemente e ainda estou organizando minhas coisas. Tem algumas coisas que estavam em caixas que preciso desapegar! Odeio ficar com coisas que não uso paradas. Aqui em casa pegamos a mania de se livrar de tudo o que não usamos.
    Você me lembrou de que eu preciso energizar meus cristais! Aliás sobre isso renderia um post, não? 😉
    Beijos!

    Responder
  4. Juliana

    Que blog lindo, estou apaixonada <3 😀
    Obrigada por me seguir no flickr, pois assim pude fuçar e conhecer esse seu espaço!
    Adorei o post. Nunca tinha pensado nisso e realmente eu também sinto isso quando volto de viagem, mas nunca me aprofundei em como isso afeta tudo. Gostei demais das dicas. Vou viajar no carnaval e quando voltar espero pôr em prática tudo que vi aqui 🙂

    Beijos!

    Responder

Gostou do que escrevi? Deixe um comentário! :)