Inspirações

Seja como uma pedra no lago

10/08/2016

Seja como uma pedra no lago zen | Blog Camile Carvalho

Somos como uma grande rede: nossas ações acabam por influenciar ações de pessoas que convivem conosco ou até mesmo de indivíduos próximos que sequer têm contato conosco. Associo isso ao campo energético e isso pode ser visto tanto em ações boas quanto em ruins.

É como uma pedra atirada ao lago calmo. Aos poucos forma-se uma onda que se espalha e se distancia cada vez mais até que a água volte a ficar parada e cristalina. Ora, mas se nossas ações boas influenciam a todos ao nosso redor e depois o lago volta a ficar parado, o que fazer para que esse movimento continue constante? Simples: continue provocando boas ações.

Se cada um de nós produzirmos boas ações em sequência e constantemente, o movimento não cessará. É como escovar os dentes e tomar banho, depois de um tempo torna-se um hábito – e deve ser assim enquanto vivermos.

Irradie amor, espalhe boas ações, seja o protagonista de uma mudança, mas tenha em mente que sem um esforço constante, o movimento causado pela sua pedrinha atirada ao lago logo cessará e que a única forma de mater o movimento nas águas é estar sempre em estado de alerta e produzindo boas ações.

Por um mundo com mais protagonistas, com mais ações benéficas e mais atitudes. E que ações como estas se tornem um hábito na vida de cada um de vocês, e não apenas um episódio isolado.

O que você vai fazer de bom hoje? Qual será sua boa ação do dia? Vamos começar?

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr
Yoga

Como fazer a respiração iogue (completa)

02/08/2016

Pranayama: Como fazer a respiração iogue (completa) | blog Camile Carvalho

A respiração é uma das ferramentas de regular a energia que circula em nosso corpo (prana), e através de seu controle, é possível trazer mais equilíbrio emocional ao nosso dia-a-dia, aquietar a mente e melhorar a qualidade de vida.

Pranayama

Pranayama é o controle da respiração muito utilizado na prática de yoga e, assim como os asanas (posturas), existem diversos tipos de pranayama que atuam de forma diferente em nosso corpo e mente. Aqui no blog já compartilhei com vocês a técnica da respiração das narinas alternadas (nadi shodan pranayama) e hoje eu vou ensinar a respiração iogue mais básica e mais importante: a respiração completa.

Devido ao nosso estilo de vida corrido e estressante, temos o (péssimo) hábito de respirar mais com a porção torácica do que com a abdominal. Juntando também com a cultura de manter a barriga sempre pra dentro, acabamos não expandindo nosso abdomen o suficiente quando respiramos, o que nos leva a uma respiração superficial aproveitando pouco da capacidade pulmonar.

Vocês podem perceber que animais e bebês quando inspiram, expandem a barriga para fora e laterais, mas por diversos motivos, quando crescemos, acabamos direcionando nossa respiração apenas à porção torácica.

A respiração e o estresse

Reparem também que quando estamos em situação de estresse, medo ou ansiedade, sentimos o famoso “nó na garganta” que nada mais é que a respiração alta, concentrada apenas na parte das clavículas e costelas. Trazer a respiração para baixo, para o abdomen é, portanto, uma das formas mais simples de acalmar a mente em situação de estresse e recuperar o controle emocional, além de aumentarmos o grau de aproveitamento e oxigenação do corpo por estarmos ativando uma porção maior dos pulmões: a porção abdominal.

Pranayama: Como fazer a respiração iogue (completa) | blog Camile Carvalho

Passo-a-passo da respiração iogue

Essa respiração é bem simples. Você pode fazer deitado ou sentado de maneira bem confortável.

  1. Coloque a mão direita sobre o tórax e a esquerda sobre o abdomen
  2. No momento da inspiração, sinta primeiro o seu abdomen se expandindo até seu limite
  3. Após o abdomen se expandir, sinta agora a região do tórax se expandindo com o ar
  4. Na expiração, primeiro a parte do tórax vai esvaziando e em seguida, a abdominal
  5. Tente dar pequenas pausas entre a inspiração e expiração

Dicas

O importante dessa respiração iogue é perceber como o ar entra e expande primeiro a parte abdominal, como se fosse um copo de água enchendo: de baixo para cima. Só depois é que a parte superior do pulmão se expande. O mesmo ocorre quando expiramos: primeiro a parte superior se esvazia e em seguida a inferior, do abdomen.

É importante também fazermos essa respiração em um lugar tranquilo em que possamos prestar atenção apenas na respiração. Mantenha os olhos fechados e concentre-se no ar que entra e sai pelas narinas, assim, além do benefício de aumentar a capacidade pulmonar e oxigenação do organismo, também é uma forma de meditação.

Finalizando

Após ficar o tempo necessário, sente-se de maneira confortável (caso esteja deitado), mantenha os olhos fechados e repouse as mãos sobre os joelhos. Apenas observe como ficou a respiração e a mente após esse exercício.

Todas as vezes em que você se encontrar em alguma situação de estresse, preocupação ou ansiedade, pratique a respiração iogue conscientemente. Você perceberá que é capaz de controlar sua mente e seu corpo, já que através do controle da respiração somos capazes de  reduzir o impulso da ansiedade e estresse (sistema nervoso simpático) e ativar um estado mais relaxado (sistema nervoso parassimpático).

“Enquanto a respiração (prana) for irregular, a mente permanecerá instável; quando a respiração se acalmar, a mente permanecerá imóvel e o yogi conseguirá a estabilidade. Por conseguinte, deve-se controlar a respiração.”

~ Hatha yoga pradipika II. 2.

Espero que tenham gostado da dica! Essa respiração é a principal e mais básica para conseguirmos ter o autocontrole. Pratique diariamente ou sempre que precisar e comente aqui os resultados e impressões que teve. Como ficou sua mente? Como ficou sua percepção?

Convido vocês a assinarem minha newsletter para receberem por email conteúdo exclusivo e notícias sobre saúde, bem-estar e equilíbrio pessoal. Clique aqui para assinar!

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr
Vegetarianismo

Receita: mousse de mamão vegana e funcional

30/07/2016

Receita de mousse de mamão vegana e funcional | Blog Camile Carvalho

Essa mousse de mamão vegana e funcional já está virando um queridinho aqui em casa. Feito apenas com dois ingredientes, mamão e linhaça, é uma ótima pedida pra quem está fazendo reeducação alimentar ou apenas quer comer uma sobremesa gostosa. Ela fica com uma textura de mousse e deve ser servida preferencialmente bem gelada.

Ingredientes

  • 1/2 mamão formosa
  • 50 gramas de linhaça (2 colheres de sopa) ou farinha de linhaça
  • 100 ml de água

OPCIONAIS:

  • açúcar mascavo ou qualquer outro adoçante
  • folha de manjericão pra enfeitar

Receita de mousse de mamão vegana e funcional | Blog Camile Carvalho

neste dia usei a farinha de linhaça

Como fazer

Coloque a água para ferver numa panela com a linhaça dentro e vá mexendo em fogo baixo até virar um gel. Enquanto isso, bata o mamão no liquidificador até virar uma pasta.

Assim que formar o gel da linhaça, peneire (caso esteja usando a semente) para usar apenas o gel. Se estiver usando a farinha de linhaça, não há a necessidade de peneirar, já que não altera muito o sabor. Junte o gel no liquidificador e bata mais um pouco até formar uma pasta consistente e gelatinosa.

Caso queira adoçar, adicione açúcar mascavo ou qualquer outro que preferir e experimente pra testar o ponto certo.

Coloque em potinhos e leve à geladeira. Para servir, pode enfeitar com uma folha de manjericão por cima pra dar um toque especial. Além de ficar uma delícia, é uma sobremesa funcional – junta as propriedades do mamão com as da linhaça – e ainda é vegana. Para meio mamão formosa o rendimento é de 4 potinhos.

Receita de mousse de mamão vegana e funcional | Blog Camile Carvalho

DICA: O gel de linhaça pode substituir as receitas que usam gelatina incolor, o que é uma ótima ideia para vegetarianos e veganos, já que a gelatina é extraída do tutano do boi, ou seja, não é um ingrediente vegetariano. O gel de linhaça contém vitaminas e serve pra dar a liga em várias receitas – além de ser muito bom pra passar na pele e cabelos. Experimente!

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr
Páginas12345... 106»