Artigos sobre » Veganismo
Beleza, Veganismo

Orgânicos e veganos: um declutter definitivo no meu banheiro

07/02/2017

Uma das minhas resoluções, há alguns anos, foi o de trocar todos os meus cosméticos por produtos cruelty-free, ou seja, que não testam em animais. A ideia foi a de ir trocando conforme os produtos iam acabando, e claro, visto que eu tinha bastante produtos (incluindo maquiagens), isso levou um longo tempo. Mas não parei por aí.

A ideia de começar o processo de me tornar vegana fez com que eu refletisse ainda mais sobre meus hábitos de consumo. O veganismo, como muitos pensam, não está relacionado apenas à alimentação, mas num estilo de vida em que reduzimos ao máximo o consumo de produtos de origem animal e qualquer coisa que venha da exploração animal. E então, dando mais um passo à frente, comecei novamente um processo em busca de cosméticos e produtos que, além de não testarem em animais, também fossem veganos.

E aí que a brincadeira começa. Já que estou sendo seletiva em relação ao que compro, por que não escolher logo os melhores? Comecei então a levar em consideração ingredientes naturais e orgânicos, shampoos livres de sulfatos e tantas outras químicas, desodorantes sem alumínio (que é altamente prejudicial!) entre outras coisas.

Se antes uma ida à farmácia era uma alegria, pelas infinitas possibilidades nas prateleiras, hoje minha alegria está em frequentar feiras veganas, casas de produtos naturais e arriscar produzir alguns cosméticos de forma artesanal. A realidade é que não precisamos de tanta coisa química em nosso corpo!

Hoje meu shampoo e condicionador acabaram (morte súbita, da Lola Cosmetics – recomendo!), mas ainda tenho os shampoos em barra que alternava com estes. Aproveitei o momento de tirar as embalagens pro lixo (leia-se reciclagem) pra fazer uma geral no meu banheiro. Peguei uma sacola e fiz um declutter no meu banheiro. Produtos fora da validade, produtos que não seguem mais meu padrão de qualidade, cremes com parabeno e petrolato, produtos para rosto com ingredientes que mal consigo pronunciar e tantos outros.

Minha meta é reduzir ao mínimo, mínimo MESMO, e só manter comigo o que está em uso e o que REALMENTE é natural, vegano, cruelty-free e preferencialmente orgânico. Meu banheiro já tem um ar natureba há um tempo: óleos vegetais, óleos essenciais, shampoo em barra… mas estavam muito escondidos entre outras embalagens antigas de produtos que me comprometi acabar antes de descartar. A verdade é que às vezes é preferível fazer uma grande limpa em tudo de uma só vez e manter apenas os poucos e bons, do que carregar conosco aquele peso de TER QUE usar algo de que não gostamos até o fim.

Separei, doarei a amigas que usam e vida que segue. Daqui pra frente, com mais consciência e fazendo escolhas mais adequadas ao estilo de vida que desenhei pra mim. E vocês, como lidam com seus cosméticos?

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr
Beleza

Produtos recebidos: Força da Terra

17/09/2016

forca-da-terra-26

Ontem mostrei lá no meu Snapchat (camileveg) e no Instagram a novidade que recebi de presente da Força da Terra: uma caixinha com alguns produtos cruelty-free e veganos da marca. Já faz tempo que uso algumas argilas e óleos essenciais deles – já até mostrei aqui – e eles acertaram em cheio, pois eu ainda não tinha experimentado nenhum dos produtos enviados. <3

O que veio na caixa:

1 // Argila Verde

forca-da-terra-45

A argila pode ser usada como máscara facial e corporal. A verde e a preta são ótimas para quem tem a pele oleosa, como no meu caso. Já tinha usado a rosa e gostei muito, mas a verde realmente senti que deixa a pele mais sequinha. Na embalagem informa que tem poder de absorção que proporciona sensação tensora e remove o excesso de oleosidade, tornando a pele macia e revitalizada.

forca-da-terra-2985

sem print, please! 😛

2 // Óleo Essencial de Tangerina

forca-da-terra-57

Pretendo fazer um post só desse óleo, como fiz com o de laranja. As propriedades são um pouco semelhantes, mas com algumas diferenças. Também encontrado por aí com o nome de mandarina, o óleo tem propriedades antissépticas e regenerativas quando usado na pele. Já no sistema nervoso, é muito bom para insônia, depressão e tensão nervosa.

A dica é usar associada à argila verde. Depois da mistura feita, pode pingar 2 ou 3 gotinhas de óleo de tangerina e misturar bem. A sensação é de refrescância e o bom é que não tem risco de irritar a pele. Só tem que tomar cuidado para não se expor ao sol após usá-lo, assim como qualquer tratamento usando ingredientes cítricos pois pode causar manchas ou irritações devido à exposição aos raios UV.

3 // Máscara Capilar Coquetel de Óleos

forca-da-terra-55

O mais legal do Força da Terra é que eles utilizam apenas ingredientes vegetais sem origem animal e são cruelty-free, mas além disso, não usam corantes, parabenos, petrolatos nem derivados do formol. Essa máscara tem uma combinação de óleos naturais de semente de uva, copaíba, amêndoas, abacate, andiroba e manteiga de karité ajudando na reconstrução capilar. Usei, deixei no cabelo com touca por uns 15 minutos e depois lavei. Aprovei! Meu cabelo deu uma boa hidratada – estava precisando, coitado – e senti que os fios ficaram mais soltinhos e leves.

forca-da-terra-52

comentei aqui no blog que aos Sábados (ou domingos) gosto de tirar um tempinho pra cuidar de mim, fazer uma faxina, organizar as coisas e planejar minha próxima semana. Acho muito importante termos um tempo pra nós mesmos, pra encontrarmos nosso equilíbrio e fazer coisas que gostamos.

E vocês, conhecem algum produto do Força da Terra? Como gostam de cuidar de vocês no tempo livre? Conte pra mim aqui nos comentários!

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr
Veganismo

Receita: mousse de mamão vegana e funcional

30/07/2016

Receita de mousse de mamão vegana e funcional | Leve por aí

Essa mousse de mamão vegana e funcional já está virando um queridinho aqui em casa. Feito apenas com dois ingredientes, mamão e linhaça, é uma ótima pedida pra quem está fazendo reeducação alimentar ou apenas quer comer uma sobremesa gostosa. Ela fica com uma textura de mousse e deve ser servida preferencialmente bem gelada.

Ingredientes

  • 1/2 mamão formosa
  • 50 gramas de linhaça (2 colheres de sopa) ou farinha de linhaça
  • 100 ml de água

OPCIONAIS:

  • açúcar mascavo ou qualquer outro adoçante
  • folha de manjericão pra enfeitar

Receita de mousse de mamão vegana e funcional | Leve por aí

Como fazer

Coloque a água para ferver numa panela com a linhaça dentro e vá mexendo em fogo baixo até virar um gel. Enquanto isso, bata o mamão no liquidificador até virar uma pasta.

Assim que formar o gel da linhaça, peneire (caso esteja usando a semente) para usar apenas o gel. Se estiver usando a farinha de linhaça, não há a necessidade de peneirar, já que não altera muito o sabor. Junte o gel no liquidificador e bata mais um pouco até formar uma pasta consistente e gelatinosa.

Caso queira adoçar, adicione açúcar mascavo ou qualquer outro que preferir e experimente pra testar o ponto certo.

Coloque em potinhos e leve à geladeira. Para servir, pode enfeitar com uma folha de manjericão por cima pra dar um toque especial. Além de ficar uma delícia, é uma sobremesa funcional – junta as propriedades do mamão com as da linhaça – e ainda é vegana. Para meio mamão formosa o rendimento é de 4 potinhos.

Receita de mousse de mamão vegana e funcional | Leve por aí

DICA: O gel de linhaça pode substituir as receitas que usam gelatina incolor, o que é uma ótima ideia para vegetarianos e veganos, já que a gelatina é extraída do tutano do boi, ou seja, não é um ingrediente vegetariano. O gel de linhaça contém vitaminas e serve pra dar a liga em várias receitas – além de ser muito bom pra passar na pele e cabelos. Experimente!

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr