Artigos sobre » Beleza
Beleza

Como preparar máscara de argila com óleos essenciais

31/10/2016

Como preparar máscara de argila com óleos essenciais | Leve por aí, por Camile Carvalho www.leveporai.com

A máscara de argila é excelente para o cuidado com a pele. De origem mineral, é composta de sílica, alumínio e água. Existem várias formas de se usar a argila no tratamento estético e uma delas é através da aplicação em pasta no rosto.

Hoje vou mostrar a vocês como associo a máscara de argila com a aromaterapia usando óleos essenciais para aumentar seus benefícios. A argila tem vários benefícios, como a renovação celular, eliminação de toxinas (ela absorve as impurezas), eliminação de bactérias e oleosidade, além de acalmar a pele deixando-a mais macia.

Como preparar máscara de argila com óleos essenciais | Leve por aí, por Camile Carvalho

Ao associar com o óleo essencial (atenção, não é essência!), podemos combinar os benefícios de acordo com o que desejamos. Eu gosto de usar, na minha máscara, óleo de lavanda, de melaleuca (Tea Tree) ou de tangerina. Claro que existem dezenas de óleos essenciais que podem ser usados na mistura, mas eu costumo usar esses três de acordo com suas propriedades:

> Lavanda: Acalma a pele e promove o aceleramento da renovação celular colaborando para uma pele nova e saudável. Também muito usado em caso de acnes e infecções, pois possui propriedades reconfortantes e anti-inflamatórias.

> Tangerina: Serve para todos os tipos de pele, inclusive em casos de estrias e cicatrizes. De ação regenerativa e tonificante, é ótimo para melhorar a elasticidade e firmeza da pele, além de atuar também como desintoxicante.

> Melaleuca (Tea Tree): Com ação no sistema imunológico, a melaleuca também é um ótimo antisséptico, fungicida e bactericida. Indicado para casos de acnes e outras infecções de pele, pode ser combinado com a lavanda (1 gota de cada).

Como preparar:

Máscara de argila Força da Terra | Leve por aí, por Camile Carvalho

Num potinho, uso a medida de uma colher (uso sempre plástico para não reagir com metais) e adiciono água morna bem aos poucos até ficar na consistência de uma pasta. Não deixe ficar muito aguado, pois ficará difícil pra aplicar na pele. Após fazer uma “papinha”, adicione 2 gotas do óleo essencial de sua preferência. Caso use a combinação de dois óleos, use uma gota de cada. Não precisa colocar mais que duas gotas de óleo essencial, pois ele já é muito concentrado (principalmente o de tangerina).

Passe na pele evitando a região dos olhos e boca e aguarde uns 15 minutos até que a máscara seque por completo.

Como preparar máscara de argila com óleos essenciais | Leve por aí, por Camile Carvalho | www.leveporai.com

Dica:

Sempre que remover a máscara, a pele vai ficar um pouco mais sensível. Logo, evite exposição direta ao sol. Recomendo que use algum hidratante com filtro solar ou óleo de semente de uva para acalmar a pele e manter a elasticidade.

E você, usa também máscara de argila? Se tiver alguma dúvida de como usá-la, deixe aqui nos comentários!

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr
Beleza

Produtos recebidos: Força da Terra

17/09/2016

forca-da-terra-26

Ontem mostrei lá no meu Snapchat (camileveg) e no Instagram a novidade que recebi de presente da Força da Terra: uma caixinha com alguns produtos cruelty-free e veganos da marca. Já faz tempo que uso algumas argilas e óleos essenciais deles – já até mostrei aqui – e eles acertaram em cheio, pois eu ainda não tinha experimentado nenhum dos produtos enviados. <3

O que veio na caixa:

1 // Argila Verde

forca-da-terra-45

A argila pode ser usada como máscara facial e corporal. A verde e a preta são ótimas para quem tem a pele oleosa, como no meu caso. Já tinha usado a rosa e gostei muito, mas a verde realmente senti que deixa a pele mais sequinha. Na embalagem informa que tem poder de absorção que proporciona sensação tensora e remove o excesso de oleosidade, tornando a pele macia e revitalizada.

forca-da-terra-2985

sem print, please! 😛

2 // Óleo Essencial de Tangerina

forca-da-terra-57

Pretendo fazer um post só desse óleo, como fiz com o de laranja. As propriedades são um pouco semelhantes, mas com algumas diferenças. Também encontrado por aí com o nome de mandarina, o óleo tem propriedades antissépticas e regenerativas quando usado na pele. Já no sistema nervoso, é muito bom para insônia, depressão e tensão nervosa.

A dica é usar associada à argila verde. Depois da mistura feita, pode pingar 2 ou 3 gotinhas de óleo de tangerina e misturar bem. A sensação é de refrescância e o bom é que não tem risco de irritar a pele. Só tem que tomar cuidado para não se expor ao sol após usá-lo, assim como qualquer tratamento usando ingredientes cítricos pois pode causar manchas ou irritações devido à exposição aos raios UV.

3 // Máscara Capilar Coquetel de Óleos

forca-da-terra-55

O mais legal do Força da Terra é que eles utilizam apenas ingredientes vegetais sem origem animal e são cruelty-free, mas além disso, não usam corantes, parabenos, petrolatos nem derivados do formol. Essa máscara tem uma combinação de óleos naturais de semente de uva, copaíba, amêndoas, abacate, andiroba e manteiga de karité ajudando na reconstrução capilar. Usei, deixei no cabelo com touca por uns 15 minutos e depois lavei. Aprovei! Meu cabelo deu uma boa hidratada – estava precisando, coitado – e senti que os fios ficaram mais soltinhos e leves.

forca-da-terra-52

comentei aqui no blog que aos Sábados (ou domingos) gosto de tirar um tempinho pra cuidar de mim, fazer uma faxina, organizar as coisas e planejar minha próxima semana. Acho muito importante termos um tempo pra nós mesmos, pra encontrarmos nosso equilíbrio e fazer coisas que gostamos.

E vocês, conhecem algum produto do Força da Terra? Como gostam de cuidar de vocês no tempo livre? Conte pra mim aqui nos comentários!

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr
Beleza

Transição capilar, óleo de rícino e de coco

12/06/2016

Transição capilar, óleo de rícino e coco | Camile Carvalho

Umectação no cabelo com óleo de coco | Camile Carvalho

Faz tempo que não venho aqui compartilhar sobre como anda minha transição capilar, não é mesmo? Bem, hoje vou contar a vocês o que tenho feito que está ajudando bastante na manutenção dos meus fios hidratados e saudáveis: óleo de rícino e óleo de coco.

Transição Capilar: atualização

Mas antes, vou falar um pouco sobre como estou me sentindo em relação à transição capilar. Sendo muito sincera com vocês, não está sendo fácil. Não estou acostumada com a textura do meu cabelo cacheado, muito menos com o volume.

Ele está naquele tamanho que não é curto nem longo, é um médio meio sem balanço e o corte já perdeu-se há muito tempo. Não quero passar a tesoura agora, pois eu voltaria meio que pro ponto zero, com ele curto acima dos ombros e estou fazendo de tudo pra que ele cresça o mais rápido possível, incluindo uma boa alimentação (suco verde todos os dias!) e cuidados externos como o óleo de coco e rícino.

Não vou mentir a vocês tentando passar uma imagem de ~forte~ aqui, já pensei por diversas vezes em fazer logo uma progressiva e acabar com essa indefinição do cabelo, mas sempre tento contar até 10 e pensar que já passei por um período longo de transição, já fiz um corte curto mesmo amando meus fios longos, que falta apenas deixá-lo crescer e ir aparando as pontas aos poucos. E é isso que me segura e me mantém num caminho mais natural.

Nos finais de semana é quando tenho um pouco mais de tempo e aproveito pra arrumar meu quarto, fazer uma faxina e cuidar um pouco de mim mesma. E, cuidar de mim, significa tanto me dar um tempo pra fazer minhas leituras com uma boa xícara de chá, assistir algum documentário no Netflix ou cuidar da beleza, como já contei aqui neste post aqui. E foi pesquisando pela internet querida que encontrei algumas dicas bem legais, principalmente usando meu amado óleo de coco e uma novidade pra mim: o óleo de rícino.

Transição capilar, óleo de rícino e coco | Camile Carvalho

Óleo de Coco Mundo Verde

Óleo de Coco

Não é novidade que o óleo de coco serve pra tudo. Cura pés rachados, cabelos sem vida, lábios ressecados, clareia os dentes e se duvidar, traz até a pessoa amada em 3 dias. Eu estava usando ao lavar o cabelo, depois do último enxague, passando apenas nas pontas depois que fechava o chuveiro, mas descobri que dá pra fazer umectação noturna com o óleo, lavando o cabelo no dia seguinte pela manhã.

A umectação devolve a maleabilidade dos fios, e pode ser feita minutos (ou horas) antes de lavar os cabelos, ou passando à noite e dormindo com o produto no cabelo, que é o que mais gosto de fazer. A dica é forrar o travesseiro com alguma toalha velhinha pra não sujar a fronha. 😉

Aproveitando esse frio, que deixa a textura do óleo de coco mais densa, como uma margarina, pego um pouco com a colher, esfrego entre as mãos e vou passando pelos fios. Depois, é só enrolar em forma de coque e prender. Gosto de usar um prendedor que fiz com aquelas meias pezinho que já estava rasgada, pois danifica menos os fios que um elástico comum.

Transição capilar, óleo de rícino e coco | Camile Carvalho

Óleo de Rícino Hemafarma

Óleo de Rícino

Extraído da semente de mamona, o óleo de rícino tem propriedades fortalecedoras, que previnem a queda de cabelo e ainda auxilia no crescimento saudável. Sim, pois de nada adianta usarmos shampoos bombas e tantos outros produtos milagrosos que prometem acelerar o crescimento, se os cabelos crescerem mais frágeis por causa da aceleração de seu processo natural. Como estou nessa vibe natureba, o óleo de rícino parece ser uma boa opção.

Tenho feito a umectação com óleo de côco na noite anterior em que lavo o cabelo ou horas antes de lavar, como nos dias em que faço aulas de vinyasa yoga, que me fazem suar até a alma. Com o óleo de rícino, tenho feito geralmente nos finais de semana.

Como a textura do óleo de rícino é muito densa, misturo na palma das mãos com um pouquinho do óleo de côco e concentro a aplicação na raiz, massageando com as pontas dos dedos. Em seguida, passo o óleo de coco em todo o comprimento normalmente, como tenho feito quando só uso o de coco.

Resultados

Como faz pouco tempo que comecei a usar o óleo de rícino, não tenho como afirmar que ele ajudou no crescimento do meu cabelo, mas tenho notado que meus fios estão mais maleáveis e hidratados, alem de estarem com um brilho que fazia tempo que não via.

A parte da raiz, natural, já tem uma tendência à oleosidade, o que já faz com que ele seja brilhoso e mais hidratado, mas a diferença está da orelha pra baixo, onde tem química de descolorante, tintura e resquício da progressiva. Sempre que faço a umectação com esses óleos, reparo que no dia seguinte meu cabelo fica mais solto e com os cachos mais definidos.

Claro que nada é melhor que uma boa tesourada pra retirar toda essa parte “estragada”, mas enquanto isso, o melhor é tratar os fios com produtos naturais e menos agressivos. Se eu recomendo essa dupla? Com certeza!

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr