Artigos sobre » Aromaterapia
Beleza

Como preparar máscara de argila com óleos essenciais

31/10/2016

Como preparar máscara de argila com óleos essenciais | Leve por aí, por Camile Carvalho www.leveporai.com

A máscara de argila é excelente para o cuidado com a pele. De origem mineral, é composta de sílica, alumínio e água. Existem várias formas de se usar a argila no tratamento estético e uma delas é através da aplicação em pasta no rosto.

Hoje vou mostrar a vocês como associo a máscara de argila com a aromaterapia usando óleos essenciais para aumentar seus benefícios. A argila tem vários benefícios, como a renovação celular, eliminação de toxinas (ela absorve as impurezas), eliminação de bactérias e oleosidade, além de acalmar a pele deixando-a mais macia.

Como preparar máscara de argila com óleos essenciais | Leve por aí, por Camile Carvalho

Ao associar com o óleo essencial (atenção, não é essência!), podemos combinar os benefícios de acordo com o que desejamos. Eu gosto de usar, na minha máscara, óleo de lavanda, de melaleuca (Tea Tree) ou de tangerina. Claro que existem dezenas de óleos essenciais que podem ser usados na mistura, mas eu costumo usar esses três de acordo com suas propriedades:

> Lavanda: Acalma a pele e promove o aceleramento da renovação celular colaborando para uma pele nova e saudável. Também muito usado em caso de acnes e infecções, pois possui propriedades reconfortantes e anti-inflamatórias.

> Tangerina: Serve para todos os tipos de pele, inclusive em casos de estrias e cicatrizes. De ação regenerativa e tonificante, é ótimo para melhorar a elasticidade e firmeza da pele, além de atuar também como desintoxicante.

> Melaleuca (Tea Tree): Com ação no sistema imunológico, a melaleuca também é um ótimo antisséptico, fungicida e bactericida. Indicado para casos de acnes e outras infecções de pele, pode ser combinado com a lavanda (1 gota de cada).

Como preparar:

Máscara de argila Força da Terra | Leve por aí, por Camile Carvalho

Num potinho, uso a medida de uma colher (uso sempre plástico para não reagir com metais) e adiciono água morna bem aos poucos até ficar na consistência de uma pasta. Não deixe ficar muito aguado, pois ficará difícil pra aplicar na pele. Após fazer uma “papinha”, adicione 2 gotas do óleo essencial de sua preferência. Caso use a combinação de dois óleos, use uma gota de cada. Não precisa colocar mais que duas gotas de óleo essencial, pois ele já é muito concentrado (principalmente o de tangerina).

Passe na pele evitando a região dos olhos e boca e aguarde uns 15 minutos até que a máscara seque por completo.

Como preparar máscara de argila com óleos essenciais | Leve por aí, por Camile Carvalho | www.leveporai.com

Dica:

Sempre que remover a máscara, a pele vai ficar um pouco mais sensível. Logo, evite exposição direta ao sol. Recomendo que use algum hidratante com filtro solar ou óleo de semente de uva para acalmar a pele e manter a elasticidade.

E você, usa também máscara de argila? Se tiver alguma dúvida de como usá-la, deixe aqui nos comentários!

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr
Saúde

Aromaterapia: os benefícios do óleo essencial de Laranja

28/07/2016

Aromaterapia: Óleo essencial de laranja | Leve por aí

Um dos óleos essenciais que costumo usar muito quando preciso de criatividade e foco é o óleo essencial de laranja. Também gosto de usar em massagens nas pernas quando passo o dia andando na rua e chego em casa com os pés doendo e pernas cansadas. A vantagem é que além de estimular a circulação, também atua no sistema linfático ajudando a eliminar toxinas e retenção de líquidos.

Não sabe o que é aromaterapia nem óleo essencial? Leia esse post primeiro.

O óleo essencial de laranja é extraído da casca da laranja (Citrus aurantium) e tem diversas propriedades. Ele atua no sistema nervoso, gástrico e circulatório, atuando em casos de padrões corporais densos, rígidos e inflados.

Atualmente é muito usado em tratamentos de celulite, já que atua ativando a circulação e auxiliando na liberação de toxinas do organismo. Além disso, também pode atuar no emocional ativando a inspiração e a criatividade.

Propriedades

O óleo essencial de laranja tem propriedades diuréticas, estimulantes (sistema digestivo e linfático), anticoagulantes (auxilia na circulação sanguínea), antidepressiva e desintoxicante. Isso significa que oferece bons resultados para casos de apatia e desânimo, além de trazer bons resultados em pessoas que precisam liberar toxinas do organismo e tratar problemas circulatórios devido às propriedades diuréticas e desintoxicantes.

Aromaterapia: Óleo essencial de laranja | Camile Carvalho

Indicações terapêuticas

// CELULITES E RETENÇÕES DE LÍQUIDOS

Diluir de 5 a 8 gotas em 10ml de óleo carreador (2 colheres de chá) e massagear no local, como em regiões com celulite ou pernas para ativar a circulação, prevenir varizes e retenção de líquidos.

// ACNE E OLEOSIDADE

Usar 2 gotas de óleo de laranja ou associar ao óleo de melaleuca (1 gota de cada) e diluir no óleo de coco ou semente de uva (10 gotas). Massagear a face.

// DORES MUSCULARES

Combinado com o óleo de lavanda pode ser usado para massagens em locais com dores musculares e tensão. Usar a diluição de 3 gotas de cada óleo/10ml de óleo carreador.

// BANHO REVIGORANTE

Diluir 10 gotas em 200ml de água e jogar do topo da cabeça ao terminar o banho ou fazer a diluição de 5 gotas em 10ml de óleo carreador e passar pelo corpo. Pode ser aplicado também na água da banheira.

// DIFUSOR

Para estimular a criatividade e/ou reduzir o cansaço, usar 10 gotas de óleo essencial de laranja diluído em água no difusor e deixar no ambiente de trabalho ou estudos. Também pode ser usado ao chegar em casa cansado depois de um longo dia cansativo e estressante.

Evitar usar no momento em que for dormir, pois pode causar o efeito contrário dificultando o sono. É um óleo que tira a tensão do corpo, ajuda a liberar a energia presa mas ao mesmo tempo revigora.

Aromaterapia: Óleo essencial de laranja | Camile Carvalho

Padrões emocionais

Nosso padrão de comportamento atual nos induz à correria, à pressa e ao estado de estafa mental e físico ao final do dia. Quando deitamos para dormir com o corpo pesado e estafado, podemos não conseguir liberar essa tensão durante o sono, o que faz com que acordemos ainda mais cansados, sem ânimo para começarmos um novo dia de correria.

O óleo essencial de laranja é indicado para esses momentos em que estamos excessivamente cansados, pois ajuda a liberar as tensões acumuladas em nosso corpo e mente. Também é muito bom para momentos de criatividade, em que precisamos de energia e concentração para criar e manter o estado de atenção. Psicologicamente, a laranja traz alegria e levanta o ânimo e é conhecido como o “óleo sorridente“. 🙂

Um livro que indico para aprender mais sobre os óleos essenciais é o Guia Completo de Aromaterapia, de Joanna Hoare.

E você, costuma usar óleos essenciais? Tem alguma outra aplicação para o óleo essencial de laranja? Comente aqui e compartilhe sua experiência!

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr
Beleza

Aromaterapia e os Óleos Essenciais

26/01/2015

Aromaterapia e Óleos Essenciais

Como alguns já sabem, eu também tenho formação na área médica (sou Médica Veterinária) e tenho paixão por medicina alternativa e evito ao máximo usar medicamentos alopáticos. Opto sempre pela fitoterapia como chás, óleos essenciais e também, claro, praticar yoga pra me ajudar com problemas que surgem no dia-a-dia, como aquela dor de cabeça chata durante a tarde ou uma gripe que surgiu do nada. Nesses casos eu não tomo remédios, acho desnecessário tomar um comprimido de Paracetamol por causa de uma dor de cabeça ou outros medicamentos por causa de uma gripe.

Quando ficamos doentes é por causa de um desequilíbrio que permitiu que a “doença” se instalasse em nosso organismo e a melhor forma de se curar é buscar o reequilíbrio através de alimentação correta, sono correto e claro, as plantas que estão aí com tantas propriedades medicinais. Uma forma de ter essa “farmacinha” natural em casa são os Óleos Essenciais e a melhor forma de utilizá-los é através da aromaterapia que pode ser aplicada de diversas formas.

O que é Aromaterapia?

A aromaterapia é um ramo da fitoterapia na qual utiliza-se de Óleos Essenciais com finalidades terapêuticas, cosméticas e medicinais. Os tratamentos variam desde inalação, aplicação em massagens relaxantes e até na limpeza do ambiente. Sim, há Óleos Essenciais extremamente potentes como desinfetantes!

Óleos Essenciais X Essências

Os óleos essenciais são moléculas extraídas das plantas por diferentes processos, como a destilação, prensagem à frio entre outros. A diferença de um óleo essencial para uma essência, é que os óleos mantêm propriedades medicinais além do aroma agradável. Por exemplo, um óleo essencial de Lavanda trará tanto um cheiro gostoso pro ambiente (ou paciente) quanto propriedades anti-inflamatórias, anti-espasmódicas e diuréticas. Há uma vasta possibilidade de uso tanto na área da cosmética quanto na medicina, sendo comprovada a eficácia, por exemplo, do óleo de Melaleuca (Tea Tree) como forte desinfetante hospitalar (estudos comprovam sua eficácia contra as bactérias que provocam a infecção hospitalar) e como o óleo de Laranja para reduzir celulites.

Isso significa que utilizando um óleo essencial verdadeiro, podemos além de deixar o ambiente com aquele cheirinho gostoso, também tratar de problemas de saúde e emocionais. Cada óleo essencial atua em diversas funções através do olfato e absorção da pele, por isso também é muito utilizado em massagens ou banhos e são super concentrados. Na maioria das vezes duas ou três gotas são o suficiente pra uma sessão. Já as essências que encontramos em casas de produtos naturais são sintéticas, produzidas em laboratórios e não têm as propriedades medicinais nem terapêuticas, apenas proporcionam um bem-estar no ambiente por causa do aroma agradável (e deve-se evitar usá-las na pele).

Como diferenciar Óleo Essencial de uma essência sintética?

Quando frequentamos uma casa de produtos naturais, como o Mundo Verde entre outras, podemos ver uma grande quantidade de potinhos de essências, geralmente próximo aos incensos e difusores. Na maioria das vezes, o preço das essências é tabelado, então todas vão custar o mesmo valor, em torno de R$ 5 a R$ 10 aproximadamente. Já os Óleos Essenciais, devido ao processo de obtenção diferenciado, não possui o preço tabelado, custando cada um seu próprio preço conforme a quantidade de matéria prima necessária pra obtenção de 1 quilo de óleo.

Quanto menor o rendimento, mais caro ele é. Um exemplo, é o óleo essencial de rosa (rosa centifolia), que pra obtenção de 1 quilo de produto são necessárias 6000 quilos de pétalas! Como vocês podem deduzir, o preço de um vidrinho de óleo essencial de rosas é um dos mais caros, mas também suas propriedades medicinais são excelentes. O da Bioessência, por exemplo, custa R$ 139 um vidro de 2ml. Já outros óleos mais comuns e de maior rendimento têm um preço mais viável, como por exemplo o de Laranja, Hortelã-Pimenta, Lavanda e Canela, que custam aproximadamente de R$15 a R$20 reais nas lojas de produtos naturais.

Portanto, a forma de diferenciar uma essência de um óleo essencial é, primeiro, pelo preço (essências têm preços iguais) e também pela indicação na embalagem dizendo que é óleo essencial. Outro fato importante é que um óleo essencial jamais estará armazenado em uma embalagem transparente, já que é muito sensível à luz e pode perder suas propriedades medicinais ao ser exposto à claridade.

Aromaterapia e Óleos Essenciais

Curiosidades

A arte de produzir óleos essenciais é muito antiga e foram os primeiros medicamentos, que utilizavam folhas, caules e flores para produzir óleos com diversas finalidades curativas. A França, conhecida por seus perfumes incríveis, foi a primeira a utilizar os óleos essenciais para produzir perfumes, por isso a alta qualidade (e alto preço) já que todos os perfumes franceses utilizam apenas óleos essenciais naturais, e não aromas sintéticos, como a grande maioria da indústria cosmética.

Outra curiosidade é que, como a utilização medicinal dos óleos essenciais é muito cara, a indústria farmacêutica começou a produzir de forma sintética as moléculas com propriedades medicinais semelhantes às dos óleos essenciais, e então deu-se início à Alopatia, que são os medicamentos que conhecemos hoje, com a finalidade de reduzir os custos e facilitar o acesso a todos. Porém, as moléculas sintéticas que foram produzidas em laboratórios e que consistem nos medicamentos que tomamos hoje produzem efeitos colaterais, ou seja, um simples remédio para inflamação pode causar uma gastrite, o que não ocorre com os Óleos Essenciais, já que não existem efeitos colaterais relacionados ao seu uso. Ponto pra natureza!

Os Óleos Essenciais não são aplicados apenas com fins medicinais, mas também terapêuticos. Dependendo de sua composição química, eles podem atuar no sistema nervoso acalmando, estimulando ou até induzindo à criatividade. O óleo de Laranja ou Canela, por exemplo, são ótimos estimulantes, usados pra quando precisamos estudar e estamos cansados. Já o de Lavanda é bom pra quando chegamos estressados de um dia cansativo de trabalho e precisamos desacelerar e acalmar a mente. O óleo de Alecrim utilizo muito quando estou sem criatividade e preciso escrever um post pro blog ou fazer algum trabalho difícil pra faculdade. Basta pingar 3 gotas sobre a água do difusor e deixar que o aroma fique no ambiente.

Quando estou com aquela gripe forte costumo usar (e fazer todos da casa usarem também) uma mistura de 3 gotas de Lavanda, 3 de Tea Tree e 3 de Hortelã-Pimenta em um copo de água morna e inalar diretamente. É extremamente expectorante e aumenta bastante a imunidade.

A Aromaterapia é um assunto que me interessa bastante e por isso também achei legal compartilhar aqui no blog. Muitos não conhecem, ou têm um certo preconceito por achar que se trata apenas de aplicar aromas agradáveis no ambiente, mas que desconhecem suas propriedades e histórico medicinal. Há diversos cursos pra quem quer conhecer melhor e livros, caso se interessem, posso compartilhar depois com vocês alguns deles e contar um pouquinho como aplico a Aromaterapia no meu dia-a-dia e os benefícios de cada óleo que tenho. Ainda estou montando minha farmacinha, e a cada óleo que compro estudo bastante sobre as propriedades medicinais, terapêuticas e cosméticas. Sim, porque podemos também fazer produtos de beleza com eles. Mas isso fica pra um próximo post. 🙂

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr