Leituras

Tá todo mundo mal – Jout Jout

29/06/2016

Tá todo mundo mal - Jout Jout (resenha) | Camile Carvalho Blog

Aproveitei o clima de desconexão das redes sociais pra fuçar pelo meu Kindle algum livro leve pra ler. Não queria uma leitura pesada, mais técnica, com as quais estava acostumada – meu intuito era apenas me descontrair e rir um pouco. Não poderia ter feito escolha melhor: Tá todo mundo mal, da Jout Jout.

Para quem ainda não conhece, Jout Jout (Julia Tolezano) é uma youtuber e tem seu canal JoutJout, Prazer. Com vídeos curtos porém cheios de conteúdos, a niteroiense compartilha de tudo um pouco: pensamentos, insights e claro, opiniões próprias sobre temas polêmicos. Confesso que não acompanho TANTO seu canal no youtube, mas os vídeos que já assisti me fizeram dar boas risadas ou refletir por horas sobre algum tema do qual não dava muita importância.

Em seu livro Tá todo mundo mal, Jout Jout fala num tom de crônicas sobre diversas crises que já passou, desde crises infantis quando era criança até os dias de hoje. Nota-se que aos poucos, Julia vai desconstruindo vários temas que lhes causavam problemas de autoestima e insegurança, típico de muitos adolescentes. Hoje, com 25 anos, ganhou voz, confiança e melhorou muito sua autoestima. O boom de seu canal no youtube foi quando publicou um vídeo Não tire o batom vermelho, no qual conversa com seus seguidores sobre relacionamentos abusivos.

video blog camile carvalho

Juro que quando vi mais um livro publicado por um youtuber, não me animei tanto a ler. Sim, eu sei, puro preconceito literário, o que me fez passar por mais uma desconstrução – além das várias que passei durante a leitura do livro e não me arrependo de tê-lo lido. Gostei e recomendo a todos que têm problemas de autoestima, principalmente adolescentes que passam por fases de inseguranças e vergonhas.

“Eu estava num lugar ótimo, com uma companhia ótima, vivendo coisas ótimas e um pequenino acontecimento, a respeito do qual eu  não podia fazer absolutamente nada naquele momento, me fez quase não aproveitar todo esse paraíso.” – posição 602

O livro é dividido em 46 crônicas, todas elas relacionadas a alguma crise. É uma leitura leve e divertida, mas não desimportante. Jout Jout consegue trazer seu tom dos vídeos para a escrita e conta, além de momentos de dificuldade e superação, um pouco também sobre como começou a ganhar força na internet, desmistificando também o glamour associado a youtubers e blogueiros.

Quem já leu Tá todo mundo mal? Gostaram?

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr

6 comentários leave one →

  1. DANIELLE TIMA SIBIN

    Estou curiosa pra ler o livro dela apesar e não acompanhar ela no yt.
    Assim que desafogar a imensa ( mas imensa mesmo ) fila e livros que estou lendo e que tenho que lê vou comprar o dela tb.

    Responder
    • Eu também não sou uma seguidora fiel, de vez em quando assisto um vídeo ou outro dela, mas o livro me chamou a atenção. gostei bastante! E te entendo em relaç˜ão à fila de livros… a minha está enooorme haha

      Responder
  2. Fiquei com ainda mais vontade de ler. E a lista de leituras infinita só cresce.

    Responder
  3. Oi Camile, acho que pelos vídeos dela já dá para ter uma ideia de como é o livro: engraçado, reflexivo, com temas que interessam a todos nós, mas que são pouco abordados por outras mídias… Bela dica, adoraria ler!

    Responder
    • Exatamente, Camila! Textos leves e divertidos, mas que nos provocam reflexões.
      Beijos!

      Responder

Gostou do que escrevi? Deixe um comentário! :)