Evernote: Como organizar

21/12/2015

Como organizar o Evernote? | Camile Carvalho #camilecarvalho

Faltam apenas 3 dias para minha viagem de férias, e com isso resolvi fazer uma organização no meu notebook pra me acompanhar durante a viagem. Pretendo atualizar o blog do Piauí, e pra isso preciso de espaço na memória para as fotos, arquivos sincronizados e que todas as anotações que eu faça desde passagens até ideias para posts estejam facilmente acessíveis e claro, o Evernote foi minha escolha pra manter tudo em minhas mãos.

Evernote, pra quem ainda não conhece, é um sistema de armazenamento de arquivos e notas que sincroniza entre todos os dispositivos: tablets, smartphones, computador e web. Se tiro uma foto da minha passagem, por exemplo, posso acessa-la pela web quando quiser, pois tudo é automaticamente sincronizado. Também é possível criar cadernos de anotações para guardar notas semelhantes, como no meu caso: Yoga, Comunicação Social, Artigos, Blog etc.

Como uso o Evernote

Uso o Evernote há anos, possivelmente desde que surgiu e a ideia de guardar tudo é a grande propaganda do aplicativo. Podemos tirar fotos de produtos que queremos comprar, notas fiscais, cartões de visitas, anotar aulas da faculdade, armazenar fotos de um passeio, enfim, o Evernote pode ser nosso segundo cérebro – não é à toa que seu símbolo é um elefante – mas será que guardar exatamente TUDO é uma boa estratégia de armazenamento de dados?

Logo do Evernote | Camile Carvalho

Otimizando o Evernote

Armazenar é muito fácil, você apenas envia para o sistema e pronto, ali está o que você deseja guardar. Mas quando precisamos recuperar a informação, manter um monte de arquivos “inúteis” pode atrapalhar a busca, apesar do Evernote ter um sistema muito bom de reconhecer caracteres até em fotos. Sei que muitos mantêm até mais de 5 mil notas no Evernote, mas no meu caso prefiro ter guardado apenas o que realmente é útil e que um dia eu precisaria acessar novamente. Acho que torna o sistema mais leve e rápido, ficando mais fácil de encontrar o que desejo.

Com isso, fiz uma limpeza no meu Evernote excluindo em média 130 notas já obsoletas que não precisam mais estar ali. Muitas vezes guardo artigos que quero ler na internet e depois que leio, não desapego e mantenho ali. Claro, alguns são interessantes de serem guardados, mas outros não. Excluí também anotações que já expiraram a validade, como horários de médicos, notas de provas da pós, livros que quero comprar etc.

Dicas

» A dica pra evitarmos criar notas únicas que logo vão expirar, é criar uma única nota com várias informações nela, como por exemplo, “Médicos”, e ali armazenar todas as informações relacionadas, como telefones, endereços, horários das consultas entre outros dados, pois assim conseguimos utilizar melhor cada nota sem deixar espalhadas por aí vários “picotes” de informações soltos pelo Evernote.

» Outra dica é criar um caderno para notas arquivadas, que não vamos precisar mexer muito mas sempre é bom manter, como cópia de diplomas, cópia da identidade, certidão de nascimento e outras notas que julgar importante manter ali.

» Fazer listas em notas também é ótimo. Filmes assistidos, Livros lidos, Empresas Cruelty-Free, Bibliografia do curso, Blogs que acompanho, Frases inspiradoras são algumas notas que mantenho no Evernote. É muito mais prático e rápido encontrar cada uma dessas notas usando a busca.

» Crie cadernos de acordo com suas necessidades, não com a dos outros. Se outros usuários do Evernote usam um sistema de cadernos, não necessariamente esse tipo de organização vai se encaixar na sua realidade. Pegue papel e caneta e anote as grandes áreas da sua vida. Estudos, Trabalho, Pessoal, Livros etc. Sobre o que você mais costuma anotar em papeis avulsos ou no caderninho? Quer começar um projeto novo e precisa fazer anotações sobre ele? Veja quais são as necessidades e crie um caderno para cada uma dessas áreas. Depois de um tempo, faça uma revisão, veja o que pode ser excluído e o que pode ser mantido ou renomeado. Nossas vidas e prioridades mudam o tempo todo e nosso sistema de organização deve sempre acompanhar nossa realidade, não o contrário.

» Faça sempre uma revisão enviando pra lixeira aquilo que não serve mais. Desapegar de anotações que não servem mais também é importante, pois de nada adianta termos um sistema de armazenamento de dados com notas obsoletas que só atrapalham na hora de procurar as informações importantes.

Depois de organizar, excluir notas, criar novos cadernos, renomear outros e remanejar alguns dados, meu Evernote está muito mais clean e rápido de encontrar o que preciso. Agora, só me resta adicionar algumas notas referentes à viagem e manter a organização e revisão periodicamente. Se você ainda não usa Evernote, clique aqui para criar uma conta e baixar o aplicativo pro computador, tablet, smartphone ou usar na web.

Quem também usa Evernote? Como vocês se organizam? Conte aqui pra gente!

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr

comentários via facebook

1 comentário leave one →

  1. Eu sou suspeita pra falar desse tal de Evernote hehe Amor eterno! Realmente é o meu segundo cérebro.
    Mas vc tocou num ponto crucial! Dar uma limpada no arquivo de referência geral. O meu está com umas 850 e sei que lá tem coisas que não preciso mais. Será uma tarefa pra esses dias de recesso. Tbm quero um evernote mais clean 😉
    Adorei as dicas!
    Bjos

    Responder

Gostou do que escrevi? Deixe um comentário! :)