Cotidiano

O bom vazio…

27/05/2015

camile-1

Toda vez que me sinto confusa, sufocada e sobrecarregada da rotina, faço um declutter no meu quarto e tudo parece melhorar. Claro, com tantas energias estagnadas em objetos, roupas e papeladas sem uso, é normal a sensação de que tudo anda travado, mesmo que seja apenas uma mera percepção.

Ando lendo bastante sobre o taoísmo e budismo, e a sensação do vazio que eles explicam não me parece algo ruim. Combinando com essa leveza que me dá ao acabar um declutter e uma faxina pesada, só me resta pensar que nos despindo de tudo o que somos é que poderemos realmente nos conhecer. E aos poucos vou desapegando, deixando ir tudo o que não combina mais comigo. Vou deixando fluir essa energia sem tentar retê-la comigo. Tentando apenas ser uma observadora sem me ater a nada em específico. Revistas do passado, livros antigos, roupas que não me trazem boas memórias e histórias que já passaram, nada disso faz mais sentido se estamos vivendo o agora dispostos a construirmos um novo futuro.

Dizem que quando não nos sentimos incomodados é porque estamos parados, já que qualquer movimento nos traz insegurança, algum tipo de medo do desconhecido ou ansiedade pelo que vamos encontrar adiante. Já eu, posso dizer que a impressão é que estou em um liquidificador, jogando pros lados todas as minhas certezas que antes estavam cravadas em minha pele e que certamente serão peneiradas, restando apenas o que interessa.

Tudo o que me resta no momento é sentar, fechar os olhos e meditar, pois seja uma brisa ou um furacão, não causará interferências se eu permanecer imóvel, firme e flexível.

E sim, me sinto feliz e em paz por cada nova descoberta em cada uma de minhas mudanças.

free-your-mind

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr

comentários via facebook

4 comentários leave one →

  1. Fernanda Luz

    Olá… eu ando na mesma fase, estou destralhando, estou limpando, abrindo espaços para novos ares, novas emoções, novas metas de vida… faz bem.

    Responder
    • Faz muito bem mesmo, Fernanda! 😀 Destralhar a vida é ótimo pra termos mais clareza.
      Beijos!

      Responder
  2. http://opicodamontanha.blogspot.com.br/search?q=vazio
    Indico esse blog, nele são transcritas palestras que um monge do budismo zen, Genshô, faz no Brasil! 🙂

    Responder
    • Muito obrigada pela indicação, Fabíola!
      Vou ler o blog com carinho. 🙂

      Responder

Gostou do que escrevi? Deixe um comentário! :)