Inspiração

Sobre o equilíbrio na vida

07/01/2016

Camile Carvalho praticando SUP Yoga no Piauí - Maramar

A vida é assim: quando encontramos nosso equilíbrio, parece que vem uma ventania e muda nosso centro nos desestabilizando completamente. No fim do ano senti-me numa energia tão harmônica comigo mesma e com os outros, que parecia que nada me tiraria do meu equilíbrio. Mas eu estava enganada.

Minha viagem para o Piauí foi programada com mais de 3 meses de antecedência. Família empolgada em me conhecer, primos fazendo a programação dos passeios e muita expectativa foi criada. Claro que sempre bate aquela ansiedade se tudo vai dar mesmo certo, se não teremos algum problema no meio do caminho, mas tudo que eu mais queria era estar neste lugar maravilhoso, curtindo a praia, as boas energias do mar e praticar diariamente yoga em meio à natureza.

Não tenho do que reclamar quanto à minha família, o lugar lindo que estou nem as acomodações. Tudo segue em perfeita harmonia em relação a isso, mas algo em mim parece que me empurrou pra fora da minha zona de conforto me tirando daquele equilíbrio que me encontrava antes.

Minha alimentação mudou muito. Em casa tenho o costume de me virar, fazer minhas próprias refeições ou procurar na rua opções saudáveis e vegetarianas, mas aqui, como é algo diferente, estou me alimentando de forma completamente diferente. Às vezes como um hambúrger vegetariano em Barra Grande (Ora Burguer), às vezes uma tapioca bem recheada vira meu jantar, mas claro, tem dias que um bom prato de arroz com feijão e salada me espera para o almoço. Vejam bem, não é o lugar que me fez comer de forma diferente, mas talvez por estar de férias, acabei saindo da minha rotina.

Ganhei alguns quilos e me sinto um pouco pesada. Tento praticar yoga diariamente, mas nem sempre consigo. Como estou saindo muito com meus primos, algumas vezes bastou desenrolar o tapetinho de yoga pra alguém me chamar pra sair. E claro, eu vou.

E mais uma vez me pego pensando que quando estamos em uma situação completamente favorável, tudo é mais fácil. Conseguimos nos equilibrar, encontrar nossa harmonia e nos mantermos firmes em nossa rotina. É fácil demais.

ganesha-imagem

Certa vez, numa aula sobre Ganesha no Espaço Samyama, expliquei sobre sua simbologia. Enquanto Ganesha mantém um pé suspenso, significando a elevação espiritual e a busca por um caminho mais sutil, ele mantém o outro pé firme no chão, sendo o contraponto da elevação. Isso é um indicativo de que devemos sempre buscar o equilíbrio entre o espiritual e o terreno. Buscar a harmonia entre condições favoráveis e desfavoráveis, pois só conseguimos mesmo aprender e nos aperfeiçoarmos quando encontramos caminhos tortuosos e desafios em nossa trajetória.

E assim estou agora. Após sentir-me como num olho de um furacão em relação à minha rotina, prática de yoga e equilíbrio, estou buscando meu centro. Há alguns dias eu poderia dizer que só a partir do dia 20, quando volto pra casa, que poderia me reequilibrar, mas agora, aqui sentada escrevendo enquanto escuto músicas de relaxamento no fone de ouvido, tenho a certeza de que eu precisava mesmo dessa saída de zona de conforto para aprender a me reestruturar em diferentes situações.

Camile Carvalho na praia no Piauí - Maramar

Acordar cedo, praticar yoga, manter uma alimentação saudável e a mente em equilíbrio é muito fácil quando todas as condições são favoráveis. Porém, é quando saímos da caixinha que desenvolvemos a nossa capacidade de encontrar a paz interna, o equilíbrio em nós mesmos, independentemente do que ocorre ao nosso redor.

Eu poderia dizer que esta viagem me desestruturou em relação à minha rotina e equilíbrio, mas só agora pude perceber que nada que ocorre no exterior é capaz de nos desestruturar quando voltamos para nós mesmos e encontramos essa paz interna.

A alimentação fugiu do controle? Beba mais água!

Não consegue praticar yoga diariamente? Feche os olhos e concentre na respiração!

Conheceu pessoas completamente diferentes do seu círculo de amizades e ninguém pensa como você? Aproveite para aprender com eles! Cada pessoa que cruza nosso caminho traz um ensinamento diferente. Nada é por acaso nem ninguém aparece em nossas vidas sem ter um porquê.

Aproveite cada momento que a vida proporciona. E quando achamos que tudo deu um nó e virou nossas vidas de cabeça pra baixo, talvez seja aí que você precise fechar os olhos, respirar fundo 3 vezes e entrar em conexão com o que está dentro de nós.

Nossa mente é poderosa. É capaz de criar demônios, mas também de criar uma linda realidade. Basta escolhermos de que forma vamos enxergar cada momento que vivemos em nossas vidas.

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr

7 comentários leave one →

  1. Sair da rotina é bom pra dar uma reviravolta. E depois voltar à rotina é melhor ainda.
    Aproveita!

    Beijossssssss
    ┌──»ʍi૮ђα ツ

    Responder
  2. Carol

    Oi, Mile!

    Que post legal! Adorei mesmo e concordo bastante. O desafio de atingir o equilíbrio é justamente no dia a dia, na sociedade. Como a gente pode se dizer equilibrado e em paz se não tem que aguentar chefe, trânsito, fila e tudo o mais? Só que com o tempo até com isso a gente se acostuma! Temos que lembrar que absolutamente nada é permanente. Numa viagem assim, saímos completamente da rotina e eu, particularmente, demoro a conseguir me reorganizar de novo; mas é uma pequena amostra de que ou a gente se adapta às circunstâncias, ou perdemos todos aqueles benefícios. A própria teoria evolutiva afirma que aqueles que se adaptam melhor às mudanças são os que tem maiores chances de sobrevivência.
    O conforto das nossas casas e das nossas vidas é muito bom, mas conhecer o que está além do nosso mundo é também maravilhoso! 🙂

    Responder
  3. Luane

    Excelente! Um post para ser relido muitas vezes.

    (Sucesso, Camile!)

    Responder
  4. Muito bom hein Camile. O sair da nossa zona de conforto, uma conversa com pessoas diferente do nosso círculo de amizade, os estudos, são sempre momentos que nossa consciência se questiona, avança.

    Responder
  5. Renata Trivilini

    Adorei Camile, você falou tudo! Seus textos são sempre muito bons. De fato, é muito fácil fazer tudo quando as condições são favoráveis. Eu estou vivenciando isso. Durante a semana consigo me alimentar melhor e nos horários corretos, praticar yoga e meditação, mas é só chegar o fim de semana que coloco tudo a perder… Preciso ser forte! Vou tentar seguir os seus conselhos. Acompanhei a sua viagem e fiquei com vontade de fazer essa rota. Os lugares são muitos bonitos, embora eu já conheça Jeri, Fortaleza e Maranhão, faria novamente, mas incluindo o Piaui. Estou ansiosa pelos seus novos textos. Bom retorno de férias. Bj

    Responder
  6. Carol Ferreira

    Estou também nessa fase de refletir sobre a minha vida. Me sinto sufocada pela rotina e estou buscando alternativas. Decidi criar um blog, é meio diferente do seu. Se quiser podemos trocar ideias. Abraços.

    Responder
  7. Oi! te coloquei na minha lista de blogues favoritos do meu blog!
    to começando agora no blog,me visite
    https://mundominimalistablog.wordpress.com/

    Responder

Gostou do que escrevi? Deixe um comentário! :)