Declutter das fotos digitais

23/12/2012

Fotos-2013-2350

Está chegando o fim do ano, e nessa reta final eu sempre me programo pra organizar o meu notebook. Como agora só utilizo um (finalmente investi em um MacBook e não uso mais PC + Netbook), fica mais fácil organizar, mas ainda assim é importante realizar os backups no HD externo e nas nuvens.

Hoje, enquanto todos estão nos preparativos para o Natal, eu estou aqui organizando as fotografias de 2012. Todo ano eu crio uma pasta com o ano e descarrego as fotografias dentro dela, com a seguinte classificação:

AAAA-MM-DD Nome Do Evento

Com essa organização, as pastas ficarão listadas em ordem crescente independente do nome do evento, como podem ver nessa imagem:

Como eu fotografo muito, eu sempre tento já descarregar as fotos todas de um determinado evento seguindo essa organização, para que não complique mais tarde e dê mais trabalho. Porém o ideal seria, além de organizar nas pastas, fazer uma pré-seleção de quais fotografias estão boas e quais não estão. Não faz sentido mantermos fotos praticamente duplicadas, escuras demais, claras demais ou sem foco, mas nem sempre estamos com tempo disponível para fazer essa pré-seleção, e acabamos escolhendo apenas aquelas boas para fazer uma edição, publicar em alguma rede social ou enviar para a família.

E as outras fotos que não ficaram tão boas? O que fazer com elas?

A resposta é simples. Descartar o máximo que puder. Se uma foto não serve para fazer uma ampliação no papel, não serve para enviar para os familiares e amigos e não serve para publicar em uma rede social – a menos que seja uma foto de cunho sentimental – devemos descarta-la.

Quantas pastas de fotos você tem no seu computador, que você poderia abrir a qualquer momento para mostrar a alguém sem passar vergonha com fotos de qualidade comprometedora (ou fotos comprometedoras)?

Organizar as fotos do ano não é uma tarefa fácil, que possamos sentar em poucas horas e realiza-la, mas também não é complicada demais. É um projeto, e deve ser encarado como tal. Em poucos minutos podemos vasculhar umas 3-5 pastas e deletarmos algumas fotos sem dó (exceto aquelas as quais um “defeito” tenha sido proposital). E é isso que, no final das contas, pode fazer milagre com seu HD. Com a quantidade de megapixels que as câmeras oferecem atualmente, os arquivos já não são mais tão leves como antigamente. Lidamos com fotos com mais de 1MB, e uma grande quantidade delas indo pra lixeira pode fazer seu computador respirar com mais leveza.

Vamos começar? Não precisa fazer tudo em um dia, apenas algumas pastas em seu tempo livre. Você vai ver que o resultado é incrível, além de valorizar mais aquelas fotografias que ficaram.

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr

comentários via facebook

Gostou do que escrevi? Deixe um comentário! :)