Meus cosméticos cruelty-free e veganos

16/01/2015

Produtos de beleza cruelty free | camilecarvalho.com | #camilecarvalho

Há um tempo eu venho pensando em compartilhar com meus leitores além de dicas de organização, minimalismo e reflexões sobre o consumo, dicas de cosméticos que eu uso. Confesso a vocês que sempre me senti limitada a escrever sobre o assunto quando o blog era Vida Minimalista, justamente por eu falar muito sobre o consumismo, alertando meus leitores sobre os perigos de se deixar levar pela empolgação e comprar algo de que realmente não precise.

Vejo tantos blogs por aí que passam tanto a mensagem de “compre, compre e compre as maquiagens que eu uso” que eu não queria que meu blog passasse uma impressão de que estou tentando convencê-los a consumir cosméticos além do necessário. Também achava que não combinava com o público-alvo do Vida Minimalista mas, por outro lado, sinto a necessidade de abordar e esclarecer alguns temas ainda pouco explorados nesse mundo blogueiro sobre produtos cruelty-free, que são aqueles cujas empresas não realizam testes em animais.

Visto que agora tenho um pouco mais de liberdade de escrever sobre outros temas e que não desejo me limitar, além de ser um blog pessoal, onde posso escrever sobre meu dia-a-dia, meus princípios de vida entre tantos outros assuntos, decidi compartilhar com vocês (após muitos pedidos desde o outro blog) meus produtos de beleza preferidos como maquiagens, produtos de higiene, entre tantos outros, e que são de empresas bacanas.

Pretendo, com isso, abrir um debate sobre nosso poder de decisão na hora da compra, além de mostrar a vocês opiniões sinceras minhas sobre cada produto que uso, o motivo de eu ter escolhido um em detrimento de outro e o principal: se é bom ou não! Acho legal essa iniciativa por que nem sempre é fácil acessar a lista de empresas que realizam ou não testes em animais quando estamos diante de uma prateleira com dezenas de opções, mas é muito mais fácil lembrar de algum produto se lemos por aí alguém falando sobre ele, assim como livros.

^ Surya indica na embalagem que é Cruelty-Free e Vegano

Outro problema que observo é a falta de informação na embalagem da maioria dos produtos. Podemos ver marcas que utilizam selos de certificados Cruelty-Free, Veganos, livre de Parabenos entre outros, mas há tantas que seguem este princípio durante sua produção mas que não informam isso aos seus consumidores na embalagem. Juro que não consigo compreender o porquê.

Quando busquei o caminho do minimalismo decidi usar todos os cosméticos que eu tinha até o fim pra evitar o desperdício, e assim que acabassem, me comprometi a comprar apenas produtos que não testam em animais. Aos poucos fui mudando shampoo, creme hidratante, sabonete, maquiagens e fui montando um arsenal de beleza livre de crueldades. Qualquer um pode fazer isso também aos poucos, não é necessário agirmos com radicalismos. Como eu sempre digo, aprender a substituir, descobrir um outro produto mais sustentável e com o resultado satisfatório é uma ótima forma de mudar aos poucos os hábitos, e é o que eu faço. Um passo de cada vez para não tropeçar.

Minha intenção é compartilhar com vocês semanalmente minha opinião sincera sobre os cosméticos que uso e descobrir novidades por aí que talvez eu nem conheça, mas que seja bom também. Então, a partir de agora, vocês encontrarão de vez em quando alguns posts sobre produtos de beleza aqui no blog. Espero que gostem!

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr

10 comentários leave one →

  1. Oi Camile! Vi posts seus e da Tatiana do “organizando minha vida” sobre terminar produtos cosméticos, você não faz ideia da diferença que isso fez na minha vida! Ainda não consegui finalizar nada, mas estou fazendo um rodízio com hidratantes, shampoos e várias outras coisas, tem sido uma maravilha ver tudo sendo usado sem dó. O que me fez ver também que preciso de pouco e que gastava dinheiro demais com esse tipo de produto.

    Obrigada e continue nos inspirando!

    Anna

    Responder
    • É exatamente isso! E o pior é quando compramos um produto caro, ficamos com pena de usá-lo e acaba passando da validade. Se compramos, temos que usar sim. E usá-los até o fim. 🙂

      Obrigada pela visita, a Tatiana também me inspira bastante.
      Abraços!

      Responder
  2. Ótima ideia! Li alguns textos sobre esse assunto, mas achei todos vagos e a maioria não me deu as informações necessárias… Tô muito interessada em “desintoxicar” meu consumo de cosméticos. Tudo bem que uso pouquíssimos, mas mesmo assim acho importante escolher bem. Vou adorar ler suas dicas!

    Responder
    • Que legal, Del! Fico feliz com isso. Gosto muito de falar sobre o assunto e agora resolvi passar esse tema pra ser debatido aqui no blog também. Consumo consciente também está relacionado ao que compramos de cosméticos, né?

      Beijos!

      Responder
  3. Marina

    Oi Camille! tudo bem?
    Olha, você acertou em cheio (como sempre), pois quem se interesse por minimalismo, fica sambando no vacuo quando o assunto é cosmético, nenhum blog que fala sobre minimalismo costuma também falar sobre produtos de beleza, e os blogs sobre beleza etc, dificilmente abordam produtos cruelty-free, e sério, como faz falta esse tipo de informação!

    Responder
    • Olá, Marina!

      Isso eu reparei também, é difícil encontrar blogs que falem de beleza ou moda abordando o consumo consciente e produtos cruelty-free. Por isso resolvi abordar aqui também, sei como é importante esclarecer algumas coisas em relação a esse assunto. Obrigada pela visita, volte sempre! ♡

      Responder
  4. Céli Hend

    Oi Camile! Muito bacana essa proposta dos cosméticos no blog. Não se tu conhece o Beleza Vegan que é um blog sobre cosméticos veganos, vale a pena dar uma passada lá.
    Abraços.!

    Responder
  5. Grazi

    Eba! Acho que suas postagens sobre produtos cruelty-free e vegans serão extremamente úteis para leitores que estão entrando nesse “mundo livre de crueldade”. Lembro que antes de me tornar vegana, fui procurando listas de produtos cruelty-free e daí em diante mudei muitas coisas na minha vida. Me tornei vegetariana (do dia para a noite, rs), comecei a pesquisar mais sobre o veganismo, que até então achava muito “radical”, depois fui vendo como tudo pode ser fácil e o melhor, comecei a consumir de forma mais consciente. Não compro mais absurdos de cosméticos como comprava antes, hoje eu pesquiso bastante sobre um produto, e aí sim eu compro (se eu estiver precisando). Fora isso, também comecei a dar preferência para orgânicos e empresas que se preocupam com o meio ambiente.
    Não sei se é do seu interesse, mas achei essa lista mara de produtos veganos num blog: http://www.maquiagemdebonita.com/p/lista-de-produtos-veganos.html
    Pode ser útil.
    Beijo, até mais!

    Responder
    • Olá, Grazi!

      Que bom que esse tema será útil aqui no blog! Acho que é uma informação que não é tão encontrada por aí tão fácil. Tem alguns blogs especializados nisso, listas do PETA/PEA, mas resolvi abordar por aqui também pra dar minha opinião, testar novos produtos e apresentar a vocês alternativas ao que já estamos acostumadas. Substituir aos poucos é a melhor maneira de mudar os hábitos, fiz isso com meus produtos e hoje quando um acaba, já compro outro que siga esses princípios.

      Obrigada pela lista de produtos veganos!
      Beijos! ♡

      Responder

Gostou do que escrevi? Deixe um comentário! :)