Artigos sobre » Veganismo
Veganismo

Veganos e Cruelty-Free: um pouco sobre produtos

27/05/2014

Produtos cruelty-free e veganos

Sou lacto-vegetariana caminhando em direção ao veganismo. Isso porque na verdade não tomo leite por causa da minha leve intolerância à lactose, me fazendo usar o prefixo “lacto” apenas por causa dos queijos que ainda estão na minha dieta. No entanto, ando reduzindo aos poucos a quantidade de queijo que consumo, tentando sempre que possível substituí-lo por outros ingredientes veganos. E estou indo bem neste processo, embora às vezes tenha uma recaída.

Com as mudanças na minha alimentação, estou buscando conhecer novos produtos em casas naturais, como o Mundo Verde por exemplo. A quantidade de farinhas orgânicas, mix de castanhas, alternativas ao chocolate é imensa e aos poucos estou testando, aprovando e muitas vezes reprovando também.

Já com cosméticos, não tenho uma grande quantidade de maquiagens, shampoos e cremes. Como compro apenas quando um acaba e tento usar o que tenho até o final, tento fazer uma compra consciente, levando pra casa apenas produtos fabricados em empresas livres de crueldade.

Além disso, ultimamente tenho buscado alguns produtos veganos (que não possuem ingredientes animais em sua composição) e após ler alguns blogs sobre o assunto, me animei a compartilhar aqui o que comprei e se deu certo ou não. Em alguns casos é muito simples fazer a opção por um produto cruelty-free, como por exemplo, um esmalte. Em uma fileira da prateleira temos esmaltes de empresas que realizam testes em animais e logo acima, a marca que não realiza. Com consciência, não fará diferença nenhuma em nossa beleza optar por uma marca em detrimento da outra.

Como identificar se os produtos são cruelty-free ou veganos?

Eu poderia dizer que basta olhar na caixinha da embalagem, que estaria escrito ali, se o produto tem ou não estas características, mas na realidade não é tão simples assim. Algumas marcas, como a Surya, Phytoervas e Éh Cosméticos deixam bem claro em suas embalagens que são veganas ou cruelty-free. A questão é que muitas outras marcas são de empresas que não realizam testes em animais mas não dão essa informação de forma clara – o que pra mim é algo estranho, já que tal informação atua como um diferencial. Eu mesma já deixei de comprar um cosmético que sabia que era cruelty-free por ter lido na internet, mas que não estava escrito na embalagem.

Produtos cruelty-free e veganos

Surya deixa claro em sua embalagem que é uma marca cruelty free e vegana

Ainda que eu considere pouco o que faço, fico feliz de estar fazendo algo. Quanto mais pesquiso e estudo sobre o assunto, mais seletiva fico e menos tenho vontade de comprar por comprar. Por este motivo decidi, além dos temas que já escrevo aqui, mostrar o que ando usando e dando minha opinião sincera sobre a qualidade do produto e o resultado que obtive.

Além de ser legal pra quem lê e também segue este princípio, é uma forma de guardar pra mim mesma as impressões que tive sobre algumas marcas, maquiagens, produtos de higiene e alimentos veganos. Só não prometo postar receitas porque acho que não sou muito boa pra escrever sobre isso. Mas quem sabe um dia? 🙂

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr
Veganismo

Alfarroba: uma alternativa ao chocolate

05/09/2013

Alfarroba

A alfarroba é conhecido por muitos como “o chocolate saudável”. Apesar de ser uma leguminosa, diferente do cacau (fruto), a alfarroba pode ser facilmente substituída pelo cacau além de possuir propriedades mais saudáveis. Como não possui lactose, é amplamente utilizado na dieta vegana, na qual não se consome nenhum derivado animal.

Após ler no blog Chubby Vegan sobre a alfarroba, fiquei curiosa e decidi comprar para experimentar. Escolhi a caixinha de Gotas de Alfarroba da marca Carob House, que também é Kosher e paguei R$ 7 em uma caixa de 80 gramas na loja do Mundo Verde.

A textura é muito semelhante à do chocolate e o sabor parece mais com o meio amargo, sendo um pouco menos doce (menos enjoativo). É delicioso e estou querendo experimentar outros produtos também.

Segundo a empresa, a alfarroba é um produto natural, sem cafeína, teobromina ou qualquer agente alergênico ou estimulante, uma alternativa perfeita ao chocolate convencional.  Fica a dica para quem quer um alimento mais saudável!

E você, já conhecia a alfarroba?

obs.: Este não é um post patrocinado

Alfarroba

Alfarroba

Meu gnomo aprovou!

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr
Veganismo

Sobre produtos Cruelty-Free e Veganos

31/05/2013

Como eu já havia falado, eu resolvi fazer uma mudança na minha vida. Sei que nossa cultura é muito baseada na exploração animal e é muito difícil atualmente viver sem causar prejuízo algum a eles, pois não temos a total percepção do quanto eles estão presentes no nosso dia-a-dia, seja em corantes, seja em um simples elemento nos perfumes ou até mesmo na alimentação.

No entanto, acho que podemos ter a consciência de ao menos reduzir esse impacto. Optar por uma marca que não teste em animais é uma opção viável. Há raros casos em que somos obrigados a consumir de uma determinada marca, já que a concorrência é ampla e sempre haverá uma alternativa melhor devido à livre competição entre as empresas.

Eu não sou vegana, sou apenas vegetariana. Porém, decidi buscar, aos poucos, utilizar produtos de cosméticos que sejam Cruelty-Free, ou seja, de empresas que não utilizam o teste em animais em nenhuma das etapas de produção. Darei preferência também a produtos Vegans, que são aqueles que, além de não utilizarem animais para testes durante a produção, também não possuem componentes derivados de animais em suas fórmulas. Uma coisa é diferente da outra, podemos ter um produto Cruelty-Free, mas que seja feito a base de leite, por exemplo, logo, ele não seria vegano.

Não sou radical, mas tenho uma preocupação enorme quanto a esse tema. Como Médica Veterinária acompanhei muita coisa e, sinceramente, fica difícil fechar os olhos para o sofrimento de outro ser vivo apenas para o prazer de, por exemplo, ter um batom da moda.

Como eu disse, o mesmo batom vermelho de uma empresa que realiza testes em animais, certamente existirá em uma outra empresa que não realiza tais testes. É apenas uma questão de escolha e não de abstenção. Continuarei tratando minha pele, usando minha maquiagem, pintando minhas unhas, mas com produtos mais seletos, e é por isso que estou abrindo essa nova categoria aqui no blog para falar dos produtos que eu tenho usado e que fiquei satisfeita. Não se preocupem, pois também falarei daqueles que não deram certo comigo. Minha opinião aqui será a mais sincera possível, pois não tenho a intenção nenhuma de falsear informações.Os posts que indicam produtos e alimentos serão sinalizados de acordo com a classificação: Vegetarianos, Veganos ou Cruelty-Free.

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr