Artigos sobre » Inspiração
Inspiração

Que venha o ciclo das mudanças

30/12/2016

É isso mesmo, o ano está acabando. Mais uma vez venho aqui escrever do Piauí, onde estou passando as férias e contar sobre as últimas novidades da minha vida.

Estes últimos meses têm sido de muito autoconhecimento e transformação na minha vida. No meio de incertezas profissionais e acadêmicas, acabei tendo a comprovação – da melhor forma possível – de que estava trilhando o caminho certo, o meu dharma. Aquela certeza de que tudo estava ocorrendo como deveria ser, e isso nos dá uma paz sem igual.

Por algum tempo me questionei sobre meu caminho como professora de yoga, mas o universo fez com que eu visse, com meus próprios olhos, muito sobre a minha missão aqui. Foi um período de provas e que, no final, tudo convergiu para que eu só tivesse mais certeza de que é isso mesmo, e que amo o caminho que escolhi.

Nem tudo são flores, claro. Mas quando estamos conectados com a nossa essência sem nos desviar dos nossos princípios, até mesmo os momentos mais difíceis se tornam mais leves. E assim vamos caminhando…

2016 foi um ano de finalização de ciclos. De deixar pra traz o que não nos serve mais. De encerrar o que deve ser encerrado, de limpeza, abrir espaço e desapegar. Foi um ano de muitas reflexões para mim. De entrar em contato comigo mesma, com meu lado mais sombrio. De aceitar quem sou, saber que sou imperfeita, mas que posso reconhecer minhas fraquezas e mudar a mim mesma, tudo no meu tempo.

2017 chegará transformando tudo. Depois do espaço aberto, a chegada do novo. Será aquele ano para novos inícios, projetos, pés no chão. Será propício para pegarmos aquelas ideias perdidas nas gavetas e colocar pra funcionar. É fazer, agir, começar, tocar adiante.

E com isso ja ando com meu caderninho novo de ideias, com minhas listas e muita energia para começar tudo novo. Tudo bem que o ano astrológico só começa em Março, quando entramos no signo de áries, mas já podemos sentir as energias de recomeços desde já.

Que possamos aproveitar essa energia de mudanças e deixar em 2016 o que não vai mais nos acompanhar em 2017. Eu sei, mudanças e datas são uma convenção criada por nós, humanos, mas uma coisa é certa: qualquer momento é bom para mudarmos a nós mesmos. Vamos lá?

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr
Inspiração

A influência dos ciclos da natureza

26/11/2016

A influência dos ciclos da natureza - Camile Carvalho

Desde que passei a prestar mais atenção aos ciclos da natureza e seus efeitos na minha vida, me conectei ainda mais com uma energia circular, uma espiral, que tem início, meio, fim e recomeço. Quando ficamos mais atentos às estações do ano, podemos perceber em nós alguns comportamentos que acabam se repetindo de acordo com o tempo, clima e ciclo da terra.

O período de inverno geralmente está relacionado à reclusão. É aquele momento em que nos fechamos em nossas conchas e remoemos tudo o que tem acontecido nos últimos meses. Pela diminuição da luz do sol provocando dias mais curtos, somos levados à sensação de querer ficar em casa, aconchegante e recolhido nos nossos pensamentos.

Inverno é aquela época em que algumas pessoas podem se sentir mais tristes, mas o importante é ter a consciência de que vai passar. Realizar leituras, encontros com amigos, aproveitar pra estudar algo novo é sempre bom pra acabarmos com a tristeza, procrastinação e falta de vontade de realizar nossos projetos.

Quando entra a primavera e o verão se aproxima, começo a sentir uma energia de expansão. Quero distribuir, compartilhar, crescer. Minha mente fica fervilhando de novas ideias e planos futuros, como se o sol fosse o combustível necessário para realizar tudo que eu gostaria de realizar. E é!

Nosso estilo de vida fez com que nos afastássemos demais dos ciclos da natureza, do conhecimento sobre as influências astrológicas, da energia da lua e do sol. Acabamos nos desconectando de algo que por milhares de anos, nossos ancestrais cultivavam e observavam. E esse desconhecimento faz com que não compreendamos algumas fases pelas quais passamos, emoções e sentimentos que temos em cada época do ano. E então vamos mergulhando num embolado de sentimentos que não conseguimos decodificar, o que poderia ter sido muito mais simples caso praticássemos a autoobservação para obtermos o autoconhecimento.

Os ciclos estão lá, são fixos, salvo algumas alterações comuns. Nós fluímos através deles nos recolhendo, nos expandindo, frutificando e observando. O que nos resta é ter a consciência de que estamos todos juntos nessa mesma dança e aprendermos a fluir conforme a música.

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr
Inspiração

GiveBox SP – vamos apoiar essa ideia?

21/10/2016

Quando recebi um email sobre o projeto do financiamento coletivo GiveBox – SP (obrigada, Fernanda!), fiquei super animada em vir aqui no blog compartilhar com vocês essa ideia que já existe em várias cidades pelo mundo está prestes a chegar ao Brasil. Vocês sabem que eu sempre falo aqui sobre doar o que não nos serve mais e esse projeto tem tudo a ver com essa energia de desapego.

O projeto

GiveBox é um projeto que estimula o desapego, ajuda ao próximo e promove o descarte consciente. Através de uma casinha construída em algum ponto estratégico do bairro, moradores da região podem deixar ali o que não precisam mais e também pegar o que precisa, sendo um facilitador de trocas, além de promover uma ocupação diferente do espaço público.

A ideia partiu de duas meninas, Camila e Luana que, inconformadas com a quantidade de lixo gerado e com o descarte não-consciente, pensaram em trazer a ideia do GiveBox pra São Paulo. A proposta é tornar, além de um ponto de trocas, um ambiente de encontros, fortalecendo assim o senso de comunidade e de altruísmo.

GiveBox SP: um projeto social - Leve por aí por Camile Carvalho

GiveBox está presente em várias cidades espalhadas pelo mundo e é um sucesso!

Como ajudar?

O projeto GiveBox parte de um financiamento coletivo, no qual recebe doações partindo de 20 reais. No momento em que atingirem o valor mínimo, serão construídas em São Paulo 5 casinhas do GiveBox projetadas especialmente para o projeto no Brasil, que vem dando certo em vários países.

Troca-troca

O conceito de troca já está chegando no Brasil através de grupos no Facebook, como o Free Your Stuff São Paulo, que promove trocas de objetos, roupas e utensílios que estão parados na casa de alguém, mas que terão serventia com outra pessoa.

GiveBox SP: um projeto social - Leve por aí por Camile Carvalho

Você pode se informar melhor sobre o projeto no site do projeto e através da página no Facebook. Vamos ajudar?

fonte das imagens: Facebook do projeto GiveBox SP

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr