Artigos sobre » Casa & Energias

Faxina Digital

11/07/2016

Slow Living #3 | Declutter Digital | Blog Camile Carvalho

De tempos em tempos eu gosto de analisar meu computador e ver o que andei acumulando ao longo dos meses e fazer um super declutter. Manter um computador minimalista com apenas os programas, arquivos e redes sociais que realmente preciso é essencial pra mantermos uma navegação rápida, limpa e saudável.

Vou compartilhar o passo a passo que fiz hoje no meu declutter digital depois de me inspirar com o tweet da Paolla Arnoni, que tinha feito uma limpeza em suas redes sociais. Sei que tem vários posts antigos da época do Vida Minimalista por aqui falando do mesmo assunto, mas sempre tem dicas novas. Vamos lá?

1 // Limpar pasta de transferência

Sabe aquela pasta onde todos os seus downloads vão direto pra lá? Sempre começo limpando a pasta de downloads/transferência. Se um arquivo é importante, deve ser imediatamente transferido pra pasta onde ele deve ficar (fotos, música, vídeos etc). Se não é importante e não precisa ser arquivado, então deve ser excluído.

2 // Músicas

Antigamente eu tinha um arquivo imenso de músicas no meu computador. Eram álbuns e discografias completas, mas como estou sempre trocando de computador/notebook/celular, não conseguia mantê-los sincronizados. Pra isso, eu precisava manter TODOS os arquivos em TODOS os dispositivos, o que dava um trabalhão, além de ocupar muito espaço desnecessário.

Atualmente mantenho apenas alguns arquivos em mp3 no meu computador, mas de músicas que não encontro facilmente e gravações da época em que eu cantava e tocava. Migrei todas as minhas músicas pro serviço de streaming Spotify, que pra mim está sendo o melhor até agora. Tenho diversas playlists por lá e uma delas vocês podem conferir aqui na barra lateral do blog (pra quem acessa pelo computador). Com o Spotify tenho todas as músicas sincronizadas em todos os dispositivos e algumas playlists ficam sincronizadas para funcionarem offline. É uma mão na roda!

Slow Living #3 | Declutter Digital | Blog Camile Carvalho

3 // Fotografia

Desde que comecei a organizar minhas fotos digitais, já saio deletando as que não ficaram boas assim que as descarrego no computador. Mudei bastante o esquema de organização de fotografias desde o último post mas mais pra frente vou escrever um dedicado apenas a isso. Por enquanto adianto que minhas fotos editadas e finalizadas ficam sincronizadas no meu Dropbox organizadas em pastas blog / lifestyle / yoga / viagens / espiritualidade etc.

4 // Programas instalados

Sempre que faço uma revisão, descubro alguns programas que instalei, usei algumas poucas vezes e depois nunca mais precisei deles. Esses são imediatamente desinstalados. Se algum dia pra frente precisar deles novamente, é só reinstalar. Melhor que manter por anos uma parte do meu HD ocupado com coisas que não estão em uso. Faça uma revisão no seu computador, tenho certeza que encontrará também softwares que estão empoeirados já.

5 // Redes Sociais

Aí chegou a melhor parte do meu declutter: redes sociais. Quantas contas por aí você tem cadastro? Desde que escrevi esse post aqui tenho certeza que já surgiram dezenas de novas redes sociais e que meu email já circula por muitos outros cantos da internet. Uma dica que dou é ter um email só pra cadastros de internet e redes sociais e manter um outro particular só para amigos/profissional.

Muitas vezes nos empolgamos com projetos novos e acabamos criando contas adicionais em redes sociais que já temos, como twitter, instagram e fanpages no facebook. Há também redes sociais novas que surgem com a promessa de que serão o novo Facebook e acabamos correndo pra fazer logo um cadastro, mas quando percebemos que elas nem eram aquilo que prometemos, acabamos abandonando.

Que tal fazer uma faxina nessas contas? Será que precisamos MESMO estarmos em todas essas redes sociais? Será que não é melhor usarmos apenas algumas e direcionarmos nosso tempo pra atualizarmos poucas, porém com mais cuidado e atenção?

Quando desentulhamos nossa vida digital também melhoramos nossa qualidade de vida, afinal, perder tempo com inutilidades e guardando o que não precisamos mais é prejudicial também no meio digital. Por uma vida mais leve e com menos acúmulos, sejam eles físicos ou “invisíveis”.

Agora eu quero saber de você, quando foi a última vez que fez uma limpa no computador e nas redes sociais?

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr
Casa & Energias

5 Dicas para melhorar a energia da sua casa

05/06/2016

Dicas para melhorar a energia da sua casa | Camile Carvalho

Segundo o Feng Shui, quando mantemos a energia estagnada, podemos perceber que o ambiente parece ficar pesado, que as coisas parecem empacadas, refletindo também no nosso humor e produtividade. Hoje vim compartilhar com vocês algumas dicas para melhorar a energia da sua casa e mantê-la sempre leve, proporcionando bem-estar aos moradores.

1 // Faça um declutter nos seus armários

Ter apenas o que gostamos e amamos é um dos principais pontos para mantermos as energias circulando. De nada adianta termos apego a roupas, livros, utensílios e objetos de decoração que não amamos, apenas por tê-los. Se não amamos, provavelmente não usamos com frequência, o que contribui para que as energias fiquem paradas. Desapegue do que não combina mais com você e perceba como a energia vai circular mais livremente.

Dicas para melhorar a energia da sua casa | Camile Carvalho

2 // Crie um cantinho zen

Independentemente da religião, é sempre bom termos aquele cantinho especial em que podemos sentar tranquilamente, meditar, se conectar com nossos pensamentos e até ler um bom livro. Meditação pode ser muito associada ao budismo, mas na verdade todas as religiões têm a proposta de nos conectarmos com algo maior ou com nós mesmos através da oração ou do silêncio, o que também é um tipo de meditação.

3 // Mantenha sua casa limpa

Sujeira atrai energias negativas, então o melhor a fazer é manter o ambiente sempre limpo. Claro, isso não significa ter neura de limpeza, mas é importante fazer uma faxina grande na casa (um cômodo por vez) e depois mantê-la limpa para não deixar acumular tanto.

Dicas para melhorar a energia da sua casa | Camile Carvalho

4 // Incensos e óleos essenciais

Eu sei, muitos não curtem incensos pela casa, mas ter um cheirinho agradável é muito bom pra trazer bem-estar ao ambiente. Você pode substituir o incenso por óleos essenciais ou até mesmo algum outro tipo de perfume pra ambientes. Isso deixa a casa mais aconchegante, ainda mais nesse inverno chegando, que é um período que geralmente ficamos mais introspectivos.

5 // Decore com cristais

Cristais não são apenas elementos de decoração. De acordo com suas cores, eles podem transmutar ou absorver energias, o que é muito bom para um ambiente que tenha uma grande circulação de pessoas. Experimente deixá-los em prateleiras, ou no seu cantinho zen, como disse no tópico 2. Você também pode eleger um cristal para ser seu e mantê-lo sempre com você em sua carteira ou como um pingente no cordão.

Espero que tenham gostado das dicas pra melhorar a energia da sua casa. Com pequenos detalhes podemos ter um maior bem-estar em nosso lar e torná-lo bem aconchegante e gostoso de trabalhar, ler um livro ou simplesmente apreciar uma caneca de chá.

E você, o que faz pra melhorar a energia do ambiente? Conte aqui nos comentários!

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr
Casa & Energias

Como limpar e energizar cristais

07/02/2016

Como limpar e energizar cristais » Camile Carvalho » camilecarvalho.com

Uma dúvida que muitos me perguntam é sobre como energizar (limpar) cristais. Há diversas formas de eliminar as energias negativas, mas é sempre bom adotarmos um ritual e fazermos com frequência para mantermos nossos cristais bem energizados e trazendo todos os benefícios para o nosso ambiente.

Como identificar a energia do cristal?

O primeiro passo é saber quando fazer a limpeza dos nossos cristais. Não há uma regra certa de periodicidade, mas é sempre bom tentarmos analisar as energias que os cristais estão emanando. Um cristal bem energizado tem a temperatura mais fria, então uma dica de ouro que aprendi com um professor especialista no assunto, é encostar a pedra na bochecha e sentir sua temperatura. Se estiver fria, ele está bem energizado, porém, se o cristal estiver da temperatura do nosso corpo pro quente, é hora de fazer uma boa limpeza.

Claro que esta é apenas uma forma de identificar a necessidade de limpeza dos cristais, mas também podemos seguir nossa intuição. Se o ambiente está muito tempo fechado (por exemplo, após uma viagem longa) ou se queremos utilizá-lo para algum propósito específico, é sempre bom renovar suas energias para que voltem a vibrar.

Como limpar e energizar cristais » Camile Carvalho » camilecarvalho.com

Como fazer a limpeza dos cristais?

Como eu comentei acima, há diversas formas, desde passá-lo em uma fumaça de incenso até banhá-los na água do mar. Cada um tem que buscar sua própria forma de limpar os cristais, mas a que eu faço com frequência (e minha intuição concorda) é a seguinte:

1. Coloque-os num recipiente de vidro

Pode ser um bowl, uma travessa ou um copo, contanto que caibam todos os cristais dentro e dê para ficarem submersos à água. Como eu tenho muitos cristais, toda vez que faço uma limpeza aproveito para dar um “banho coletivo” e por isso uso um recipiente grande para caberem todos.

2. Encha de água até todos ficarem cobertos

Meus cristais ficam mais ou menos até a metade do recipiente, então encho de água corrente (da torneira mesmo) até cobri-los todos.

3. Adicione sal grosso

Muitos têm dúvidas sobre o banho de sal grosso, mas o que acontece é que o sal limpa as energias deixando o objeto/pessoa/o que for num estado digamos que neutro. Ele é capaz de remover tanto as energias negativas, quanto também as positivas. É uma explicação simplificada para facilitar a compreensão, mas o sal grosso atua como se estivesse fazendo uma limpeza independentemente da vibração energética que o objeto carrega. No nosso caso, como não temos certeza se todos estão vibrando de forma positiva, ele neutraliza para que depois possamos programar com que energia aquele cristal ficará.

4. Reprograme-os com óleos essenciais

Eu sempre digo e repito: se você ainda não conhece os óleos essenciais, por favor, experimente! 😛 Já escrevi um post sobre o poder terapêutico deles (aqui) e eu gosto demais de usá-los nos meus cristais. Como eu falei no tópico anterior, ao adicionarmos sal grosso, estamos removendo as energias independentemente se são favoráveis ou desfavoráveis, e por isso temos que adicionar uma vibração energética com que queremos que eles fiquem após a limpeza.

Gosto de alternar o uso entre o óleo essencial de Lavanda ou de Alecrim, que além de possuírem um aroma delicioso, também transmitem calma, poder de concentração e meditação, deixando uma aura leve no ambiente.

A forma que faço é pingando de 3 a 5 gotas na água em que os cristais estão mergulhados (sim, junto ao sal grosso), mas há quem prefira fazer um banho de sal grosso e depois de enxaguar, fazer um banho com os óleos essenciais. Vai da intuição de cada um.

5. Luz do sol ou da lua

Leve o recipiente para algum lugar que possa pegar sol ou os raios da lua. Eu gosto de lavar meus cristais e deixá-los do fim da tarde até a manhã seguinte para que possa se aproveitar da energia tanto do sol quanto da lua (não tenho uma lua específica, mas tenho vontade de pesquisar melhor para saber qual a lua mais favorável para isso). Se não tiver como deixá-los pegando luz do sol ou da lua, não tem problema, o próprio sal grosso com o óleo essencial já ai fazer a limpeza necessária.

6. Água corrente

No dia seguinte, pego o recipiente e retiro a água. Não é bom reaproveitá-la para nada, ela deve ser descartada. Passo rapidamente os cristais em uma água corrente e deixo sobre uma toalha felpuda para secar. Pronto! Os cristais estão reenergizados e bem geladinhos, prontos para serem colocados de volta em seus lugares estratégicos.

Dica

Se você não tem óleos essenciais em casa, não tem problema. Os cristais podem ser colocados apenas na água com sal grosso e, ao escorrer a água, energize-os da forma que achar melhor (fumaça de incenso, oração, luz do sol etc.) O importante é removermos aquela energia estagnada que estava neles e adicionarmos a intenção de boas energias.

Não se assuste com o ritual achando que é muito complicado. Acredite em mim, é super rápido fazer a limpeza dos cristais, o post ficou grande porque quis explicar cada passo direitinho. Na verdade o que faço é pegar todos os cristais, colocar no pote, adicionar água, sal grosso e umas 5 gotas de óleo essencial e levar para a varanda para virar a noite. É super simples!

Espero que tenham gostado da forma como energizo meus cristais. Se você também faz isso, compartilhe conosco aqui nos comentários! É sempre bom aprender outras formas de trazer boas vibrações para o nosso ambiente.

Um agradecimento especial para a Jessica do blog Jessica M que me perguntou  no twitter sobre como energizo meus cristais. A ideia do post já era antiga, mas foi ela quem me deu um empurrão para descrever tudo direitinho para vocês.

Se você tem alguma dúvida sobre energias, Feng Shui ou qualquer outro assunto, sinta-se à vontade para perguntar aqui no blog.

Até mais!

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr