Meu Diário

Ano novo, mais um ciclo

02/01/2016

praia-2016

Mais um ciclo se inicia e é comum que façamos promessas, pedidos e muitos projetos novos para o ano que acabou de começar. Mas será que alguma coisa muda quando o ponteiro bate meia noite do dia 1 de Janeiro? Nada muda no mundo. Tudo continua funcionando da mesma forma, os problemas são os mesmos e o planeta continua girando do mesmo jeito que girava antes.

Estou no Piauí curtindo as férias e tive uma impressão estranha por estar no mesmo país que meus pais, mas por não termos horário de verão aqui no nordeste, comemoramos a virada do ano 1 hora depois do resto da família. Eram 23 horas quando mandei mensagem desejando um feliz ano novo, mas eu ainda estava aqui, tirando fotos com a família, comendo quitutes e tentando manter meu cabelo menos esvoaçante por causa da ventania do litoral quando recebi as fotos do brinde da virada da outra parte da família. E o que mudou? Nada.

Uma hora depois éramos nós, olhando para o céu enquanto contemplávamos os 15 minutos dos fogos na praia do Maramar e um sentimento estranho me fez refletir sobre o reinício deste ciclo tão comemorado por todos. Quando o ponteiro do relógio muda o segundo e um novo ano começa, nada muda.

Nada muda. Exceto nós.

Nós somos o que pensamos. Todos os nossos atos e emoções têm uma ligação muito forte com nossas mentes, e é por isso que a energia coletiva do reinício é tão importante. São bilhares de pessoas ao redor do mundo refletindo sobre um ciclo que passou e preparados para fazer alguma mudança, mesmo que pequena, na vida de cada um. É o momento de pensarmos o que não nos serve mais e deixar ir embora.

É momento de colocarmos no papel quais nossos planos futuros. O que deixamos para depois? O que nunca tivemos coragem de começar? Quais emoções ruins ainda fazem parte de nós? O que nos incomoda? Quem nos incomoda? Será que estamos agindo de forma correta com as pessoas ao nosso redor? Como ser uma pessoa melhor hoje? A quem posso perdoar? Pelo quê posso agradecer?

Vamos aproveitar a energia coletiva que nos envolve para voltarmos para si e conhecermos melhor a nós mesmos? Mudar o mundo pode ser difícil, sim. Mas mudar a nós mesmos, não cabe a ninguém mais dar o primeiro passo para nos transformarmos.

Desejo a todos um ótimo reinício de ciclo. E que possamos ser seres humanos melhores, mais dignos e fortalecidos a cada momento deste novo ano.

Um feliz 2016 a todos! 

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr

4 comentários leave one →

  1. Luane

    Sábias palavras.
    Nada muda além da data no calendário, mas que aproveitemos isso para renovar nossas energia e mudar o que precisamos.

    Feliz 2016, Camile!

    Responder
  2. Adoro essa atmosfera de mudança e novidade que acontece nessa época do ano. Todo momento é propício, na verdade. Quando estivermos dispostos com os planos e as ações em sintonia.

    Responder
  3. Camile, desejo um 2016 cheio de realizações pra você! Que seus planos se realizem! Seja feliz!

    Responder
  4. Que saudades de comentar aqui, querida Camile.

    Tenho acompanhado suas mídias sociais e sua viagem, muita luz e inspiração! Esse novo ciclo vai marcar nossas vidas! 2016 é um ano de vitórias e muita conquista e aprendizado. Mais ainda que em 2015. Aproveita tudo e conta aqui todas as mudanças positivas e significativas! hehehe Grande beijo.

    Responder

Gostou do que escrevi? Deixe um comentário! :)