Inspiração

Acredite: vai passar

20/01/2015

Acredite, sua dor vai passar| camilecarvalho.com | #camilecarvalho

Todos passamos por problemas em algum momento da vida. Uns passam por piores, outros por mais brandos, mas a dor é comum a todos os seres vivos. Parece que esses momentos existem para nos ensinar a darmos valor aos bons momentos, que na maioria das vezes, não percebemos como são bons quando os estamos vivendo.

Certa vez, quando estava passando por uma situação complicada, minha amiga me abraçou e repetiu diversas vezes: “Vai passar. Vai passar”.

E passou.

O sol sempre morre ao fim do dia e renasce no dia seguinte. A vida é um ciclo de encerramentos e reinicios. Para que algo bom chegue em nossas vidas, temos que primeiro arrancar pela raiz o que não está legal. E isso dói, eu sei que dói. Dói pelo simples motivo de sermos apegados às nossas certezas, ao que achamos que é o certo. Mas a verdade, amigos, é que nem sempre o que achamos que é o certo é realmente o melhor para nós.

Handstand yoga invertida

Acredito que pouco sabemos da nossa existência. Pouco sabemos do que estamos fazendo aqui, e que, apesar de termos o livre arbítrio, tem momentos que fugimos tanto do caminho que precisamos trilhar, que somos recolocados no caminho correto à força. Hoje vejo o quanto estava entrando em uma estrada torta e sem sentido, que talvez não me levasse a lugar algum, ou pior, me levasse ao fim dela, uma rua sem saída.

E se você, caro leitor, estiver passando por alguma dor, algum problema que parece estar no fundo do poço, acredite em mim, o fim do poço é o máximo que você pode chegar. Agora é hora de subir, de juntar forças para sair dele e buscar novamente a sua luz. Se você acha que chegou no seu limite, é o momento de parar, respirar fundo, meditar e se autoconhecer. Por que isso está acontecendo com você? Eu não sei. Mas sei que vai passar tão breve que você se surpreenderá.

Acredite: vai passar.

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr

19 comentários leave one →

  1. Eu acho esse pensamento muito, muito importante. Eu também já me vi em uma daquelas situações em que a gente acha que a vida acabou, que não tem mais solução… Pensar no “vai passar” ajuda a se levantar e começar a escalar o poço de volta. Os momentos ruins servem como aprendizado, também, é importante tentar extrair ao máximo o que a vida está ensinando. Quando passar, olhar pra trás vai ser um alívio, mas também uma certeza de que aquilo foi, de alguma forma, necessário para construir o que somos depois.

    Não existe arco-íris sem uma tempestade, né?

    Beijos!

    Responder
    • Exatamente, Stephanie. Não existe arco-íris sem tempestade. E toda dor que passamos nos faz mais fortes, sempre há um aprendizado. Quem está no meio do furacão não consegue enxergar, mas depois que saímos dele, vemos o quanto fomos fortes e o quanto crescemos como cada adversidade.

      Beijos!

      Responder
  2. Conceição Carvalho

    Eu sei que vai passar, Camile, mas neste momento dói…

    Responder
    • Eu sei, e também sei que é difícil enxergar mais à frente. Mas acredite, vai passar. E quando melhorar, perceberá o quanto você se fortaleceu. A vida é um constante aprendizado, estamos aqui pra evoluir e aprender.

      Responder
  3. Caaa que pensamento mais lindo!
    As vezes passamos por tantas coisas ruins e pensamos: PQ MEU DEUS!
    Sabe pq? É pra ficarmos mais fortes.
    Passei por mt coisa ruim no ano passado, mas esse 2015 vai brilhar pra mim e pra todos nós.
    Hiper beijo

    Responder
    • Vai brilhar sim, tenho certeza disso! Nunca se esqueça que o que pensamos e mentalizamos, se concretiza. Somos nossos pensamentos. ♡

      Responder
  4. Allan

    Camile, adorei sua postagem! Nessa vida tudo passa, algumas fases são maiores que outras mas a gente sempre passa por cima porque o tempo não nos espera!

    Só é ruim quando estamos passando por algo do qual outra pessoa é responsável, mas de qualquer jeito, passa.

    Responder
    • Quando outra pessoa é responsável pela nossa dor, o que podemos fazer? Se a culpa não é nossa, temos que extrair um aprendizado da situação e aproveitar o momento para nos conhecermos melhor. 🙂

      Responder
  5. Lindo post!! Tudo passa mesmo, nada é pra sempre mesmo, nem as fases ruins nem as boas. Mas, quando estamos dentro do olho do furacão nos parece uma eternidade. Crer que tudo passa, é um bom pensamento. Uma força!! Concordo quando vc diz que o fundo é onde vc só pode chegar, é isso ai mesmo.
    Muita força, coragem e fé !!

    Bjos e boa semana,
    http://blogdmulheres.blogspot.com.br/

    Responder
    • Olá, Sheyla!

      Concordo com o que disse. Nada é pra sempre, tudo muda a cada instante e só conseguimos pensar melhor sobre a situação quando nos distanciamos do centro do furacão. Tudo é impermanente.
      Um grande beijo e uma ótima semana! 🙂

      Responder
  6. Gabriela

    Que lindo post! Conheci seu blog essa semana e entrei agora pra ver o que tinha de novo por aqui e isso acabou me pegando de surpresa… era exatamente o que eu precisava ler 🙂 obrigada pelo texto lindo e parabéns pelo blog!

    Responder
    • Olá, Gabriela!

      Fico feliz em te receber aqui no meu blog e mais feliz ainda em saber que está gostando. É tão bom quando escrevemos algo e era exatamente o que um leitor precisava ler… e eu que agradeço pela sua visita!

      Volte sempre, viu? ♡

      Responder
  7. Manuela Lima

    Mudando um pouco de assunto, estava participando do seu grupo. Mas resolvi deixa-lo porque tem um povo xiita com essa questão de minimalismo. Vejo como um modo de vida, não como religião. Se eu quiser gente me podando e me dizendo como pensar ou viver, procuro a igreja, a polícia ou o Estado. Gosto muito do seu site, vou acompanhar você por aqui. Cansei de gente retardada e vou minimalizar ainda mais as redes sociais.

    Responder
    • Camile

      Acredite, Manuela. Penso da mesma forma que você. Estou planejando um novo grupo de debates mais leve e livre e avisarei aqui. 🙂

      Responder
  8. Marina

    Passar passa mesmo! Dificil é nao perder o chão quando a coisa tá ali latejando né? O fato é ninguém sai ileso da vida, a vida acontece pra todos e num só dia a gente passa por coisas boas e ruins, e isso eu acho incrível pois é a certeza de que estamos vivendo plenamente. E como você bem disse no final, a gente tende a achar que algo é o certo pra nós, mas não é, o que é nosso tá guardado e na maioria das vezes sempre vem de maneira tranquila e fluída. Adorei o texto!

    Responder
    • Pois é, Marina! Não sabemos mesmo quais os planos pra nós. O jeito é tentar deixar levar e não se apegar demais ao que achamos que é o certo. Obrigada pela visita!

      Responder
  9. Raissa

    Inspira-dor. Excelente reflexão. É bem assim mesmo, Camile. Mas na hora do sofrimento é um tanto difícil observar a transitoriedade da vida (e do próprio sofrimento). Ainda bem que passa. Felizmente, temos, na própria Natureza, muitos lembretes da impermanência e ciclicidade da vida (e do porquê isso é necessário): o nascer e pôr do Sol, os ciclos da Lua, os ciclos femininos (a Lua em nós), o semear, regar, florescer e podar de uma planta… Roseiras precisam de podas e crescem ainda mais belas e saudáveis depois disso.

    Responder
  10. Cora Mariana

    Camile, estava passando por um momento meio conturbado, e foi bem o que você disse: passou.
    Obrigada pelas palavras doces, posso afirmar que elas me ajudaram muito 🙂
    Adoro seu blog, e adoro a sua forma de pensar e ver o mundo. Tu tem uma energia muito boa.
    Gratidão!

    Responder
  11. Tuane

    Muito obrigada Camile, por ter compartilhado comigo esse texto… Você escreve muito bem, e esse texto renovou minhas forças!!!
    Sempre que eu puder vou estar acompanhando o seu blog, você é muito delicada em suas palavras e tem uma energia muito positiva!!!
    Beijos e fique com Deus!

    Responder

Gostou do que escrevi? Deixe um comentário! :)