Vida Simples

A desordem segundo o Feng Shui

30/07/2013

Vocês conhecem o Feng Shui?

Segundo Karen Kingston, “Feng Shui é a arte de equilibrar e harmonizar o fluxo das energias naturais (ki) no ambiente a fim de criar efeitos benéficos na nossa vida”. É uma prática milenar, muito aplicado no oriente e que hoje já está sendo amplamente difundido no mundo ocidental.

Feng Shui não é apenas um conjunto de princípios aplicados a uma construção individual com o propósito de obter um resultado específico, mas é algo que, aplicado no coletivo, pode influenciar um grande número de pessoas e o ambiente.

Para equilibrar e harmonizar o ambiente, podemos tomar algumas medidas. No entanto, é necessário que, antes de qualquer mudança da disposição dos móveis e objetos, realizemos um destralhamento. Só assim é possível remover a energia estagnada em tralhas que não nos servem mais e não têm um propósito de permanecerem no ambiente. A desordem é um obstáculo ao fluxo de energia do local provocando uma sensação desagradável de inércia e cansaço, nos dando a impressão de estarmos amarrados, pois segundo o Feng Shui, a energia estagnada é como teias de aranhas invisíveis que impedem o nosso livre movimento.

A desordem é uma das principais causas da letargia em nossas vidas. Quantas vezes você já se sentiu cansado mesmo dormindo por horas? Quantas vezes você precisou fazer muitas coisas em casa e não conseguia sequer levantar da cama? Uma dica para resolver esse problema é justamente atacar primeiro a desordem da casa. Mas antes disso, há uma dica muito boa, que é fazer uma lista de tudo aquilo que gostaríamos de fazer se a bagunça for arrumada. Isso traz inspiração e motivação para levantarmos da cama e colocarmos a mão na massa.

Há algumas dicas simples do Feng Shui para auxiliar na livre circulação das energias:

1. Não acumule lixo dentro de casa.

2. Não guarde tralha debaixo da cama. Elimine tudo o que está sob sua cama. Caso ela possua gavetas, mantenha apenas roupas de cama e de dormir dobradas e limpas.

3. Não guarde embalagens vazias. A não ser que elas tenham uma finalidade (como recipientes a serem reaproveitados) não mantenha vidros de perfume, de cosméticos e outras que não têm mais finalidade. Dê o descarte correto.

4. Colecione menos. Você é do tipo de pessoa que guarda cartão telefônico, lata de refrigerante, tampas de embalagens entre outras coleções? Dê uma utilidade à ela ou se desfaça.

5. Destralhe revistas e jornais velhos. Você não precisa mais do que alguns artigos importantes.

6. Deixe a luz natural entrar na sua casa. Se você é do tipo que gosta de viver com as cortinas fechadas, dê uma chance para a energia do sol entrar em sua casa, mesmo que seja apenas a claridade. Além da energia renovar, você também evitará a proliferação de ácaros e fungos provocados pela umidade.

7. Elimine a gaveta de tralhas. Todos nós temos uma caixa de entrada sem querer, seja ela uma gaveta ou o canto da mesa de jantar, na qual jogamos todo tipo de tralha que trazemos da rua como contas a pagar, folders entre outros objetos. Arrume, limpe e evite acumular.

8. Use o que você tem em casa. Se você tem aquele jogo de faqueiro que ganhou no casamento e que há anos não usa esperando um jantar mais formal, qual a razão de mantê-lo? Se desfaça do faqueiro! Claro, é apenas uma brincadeira. Não precisa se desfazer, mas use-o! Você merece usar seu faqueiro chique, não espere que outros convidados mereçam mais que você.

9. Evite tralhas nos corredores da casa. Mantenha o ambiente livre para o trânsito de pessoas e energias.

10. Não guarde nada quebrado. Tem vários objetos quebrados em casa? Doe a quem sabe consertá-los, descarte corretamente ou conserte. É muito ruim mantê-los dentro de casa, além de não terem utilidade.

Espero que tenham gostado das dicas de Feng Shui. No momento estou lendo bastante sobre o assunto e por isso incluí essa nova categoria aqui no blog na parte de Bem Estar. Aguardem que novas dicas virão, inclusive resenhas sobre livros.

Compartilhe o artigo:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on Tumblr

10 comentários leave one →

  1. Oi Camila! Eu acabo de ler seu comentário no meu blog e saiba que estou te dando a maior força e pode contar comigo. De qualquer forma, não se cobre muito que as coisas acontecem naturalmente e são mais fáceis do que imaginamos.

    Quanto ao feng-shui, eu o conheci há uns 10 anos e apliquei (mais ou menos) ele no meu quarto desde então. Foi uma mudança enorme e dá para sentir a diferença do ambiente. Eu segui as dicas de tirar coisas debaixo da cama e do caminho, liberar caminho e deixar a energia e o vento fluir. Também eliminei tralhas e não tenho o dom de colecionar nada, então o ambiente fica muito agradável.

    Eu não apliquei o ba-guá em nada e não entendo profundamente, mas as dicas acima são ótimas até por quem não acredita nisso, pois são baseadas no bom senso que as pessoas costumam esquecer.

    Responder
  2. Ghisllei Brs.

    Olá, que blog mais incrível, e que post maravilhoso, eu acredito muito nesse lance mistico e esotérico, além de muito diverso é muito significante como isso pode nos ajudar =] Parabéns pelo Blog. Sucesso.
    ogarotodoblog.eu.nu

    Responder
  3. Camile, costumo passar por aqui frequentemente, mas hoje tinha que comentar: estou me identificando muito com esse post! Vou usar essa listinha para me ajudar com o destralhe do quarto, vai servir de guia! Esse fim de semana eu me desfiz das minhas revistas velhas de vez e ficou uma sensação tão boa no quarto, fico mais leve e iluminado!

    Beijão!

    Responder
  4. Amanda

    Olá Camile!

    Sou uma leitora assídua do seu blog, amo a maneira simples e objetiva com a qual argumenta sobre os assuntos.

    Me identifico muito com o Feng Shui, gostaria de aprender mais sobre ele. Que tal fazer mais posts sobre o assunto?

    Bjo!

    Responder
  5. Luciano Pinheiro

    Faltou uma dica fundamental, que sempre vejo as pessoas errando.
    Não coloque nada atrás da porta que a impeça de abrir completamente.
    🙂

    Responder
  6. andreia

    Excelente post!!! só p/ comentar: vc já foi na casa de oriental? eu sou descendente e meus avós guardam TUDO!!! não sei se é da idade, ou se eles sofreram muito p/ ter alguma coisa, enfim… não dá p/ aplicar o feng c/ eles, rsrssr

    Responder
    • Camile Carvalho

      Já fui em uma casa de chinês, cheia de enfeites por todo canto. Fiquei com medo de me virar e quebrar algo haha. O apego pode vir das dificuldades do passado sim…

      Responder
  7. Jess

    adorei. tenho tentado destralhar e está fazendo grande diferença na minha vida!

    Responder
    • Cleusa Maria

      Adorei as dicas ,vou coloca _las em prática urgente…rs rs.

      Responder

Gostou do que escrevi? Deixe um comentário! :)